Pokemon Revolution
Os membros mais ativos da semana







Um fórum á tua medida!







Image and video hosting by TinyPic
Create your own banner at mybannermaker.com!
Últimos assuntos
» Advenced Pokemon Misterys
Sab Abr 19, 2014 5:25 am por Ulisse Ayule

» Pokemon Adventures Quest
Sab Abr 19, 2014 5:05 am por Ulisse Ayule

» Mamodo Adventure Of Battle (inscrições abertas)
Dom Jan 12, 2014 4:33 pm por Álex Trévia

» Pegue seu inicial
Seg Set 16, 2013 3:53 pm por lucas zemm

» Pegue seu inicial
Seg Ago 05, 2013 5:18 pm por miguelxin

» Para que serve?
Seg Abr 29, 2013 4:16 pm por rickinho

» Pegue seu inicial
Sab Abr 27, 2013 9:54 pm por rickinho

» Pegue seu inicial
Sab Abr 27, 2013 1:31 pm por rickinho

» Pegue seu inicial
Sex Abr 26, 2013 6:55 pm por rickinho

Nosso Banner

Pokemon-The Ultimate Journey

Página 1 de 3 1, 2, 3  Seguinte

Ir em baixo

capiturado Pokemon-The Ultimate Journey

Mensagem por Kai Akiyama em Sex Nov 18, 2011 10:28 pm

Pokémon
The Ultimate Journey
Capitulo 1: O incrível resgate!


Em uma casa de Twinleaf Town, um despertador tocava, produzindo um barulho de sino.
Um garoto de aparentemente 12 anos resmungou alguma coisa e tateou a mesinha, procurando o botão do despertador.

-Nove horas...- resmungou o garoto, sonolento, finalmente achando o despertador e fazendo-o parar.

Ele se levantou e trocou-se. Olhou para sua escrivaninha e encontrou um presente embrulhado numa caixa.

-Ah, sim...- disse ele, lembrando que era seu aniversário.

O garoto abriu o presente e tirou um TM de dentro da caixa. Remexeu a caixa e encontrou uma carta.

-Acho que meu pai não sabe nada de mim, mesmo...- disse ele, triste.
-Davi, está acordado?- perguntou uma mulher, do andar de baixo.
-Estou, mãe!- respondeu Davi, guardando a carta e o TM.- Já vou descer!

Davi arrumou a cama e desceu a escada que conectava seu quarto com a cozinha correndo e encontrou sua mãe fazendo uma caneca de Nescau.

-Feliz 12 anos!- exclamou ela, abraçando o filho.
-Ahm, mãe...
-O que foi, filho? É muito velho pra receber um abraço da mãe?
-Não...- disse ele, começando a ficar azul- É que eu to meio sufocado...

A mãe largou o filho.

-Opa, desculpa. Tome uma caneca de Nescau.- disse ela, passando uma caneca para Davi.
-‘Brigado.
-Tyson passou aqui, disse que tinha uma coisa urgente para te dizer.
-Bom, se eu conheço meu amigo bem, a coisa urgente deve ser “Parabéns pra você!”- disse Davi, sorrindo.
-É bem provável... E seu pai também mandou um presente.
-Ah... Era um TM...- disse Davi, triste.
-Ahm...- disse a mãe, sem saber o que dizer, pois seu filho nunca conseguiu pegar seu Pokémon inicial, pois sempre que chegava no laboratório de Professor Rowan, não havia nenhum Pokémon.- Talvez quando você tiver um Pokémon...

Davi terminou o Nescau, resmungou alguma coisa sobre ver Tyson e saiu de casa.

-Pobrezinho...- disse Anna, pegando a caneca e colocando-a na pia.



Davi encontrou Tyson na rota 201, olhando na direção do Lake
Verity.

-Oi, Tyson.- disse Davi, assustando o amigo.
-Pelo amor de Arceus!- exclamou ele- Ah, é você! Feliz aniversário!!!
-É, viva eu!- brincou Davi.- O que você queria me dizer, afinal?
-Oras, eu queria dizer feliz aniversário.
-Eu devia ter apostado com a minha mãe...- disse Davi.
-O quê?
-Nada...

Tyson ia dizer alguma coisa, mas foi interrompido por um grito vindo Lake Verity.

-Ah, malditos Bidoofs!!!
-O quê foi isso?- perguntou Davi.
-Parece que alguém acabou se metendo com um bando de Bidoofs do mal...- deduziu Tyson.
-Então vamos ajudar o pobre coitado...- disse Davi.



-Correção...- disse Davi.
-Pobre coitada...

Uma garota de 12 anos estava cercada de Bidoofs selvagens, que rangiam os dentões, fazendo ela recuar até a beira do lago.

-Bidoofs bonzinhos, tenham calma...- disse ela, fazendo gestos com as mãos.

Um Bidoof grunhiu, fazendo ela recuar mais uma vez.

-Será esse meu fim...- disse ela- Atacada por Bidoofs malvados?

Ela recuou mais uma vez.

-Adeus, mundo cruel...
-Não enquanto estivermos vivos!- gritou Tyson, correndo até os Bidoofs- Deixem essa pobre infeliz em paz!!!
-Pobre infeliz?- disse a garota, cruzando os braços.- O meu nome é Emily, seu tonto.
-Não deixa de ser uma pobre infeliz.- disse Tyson, dando de ombros.

Davi correu até Tyson.

-Cara, vamos ajudar ela!!!- disse Davi.
-Isso seria uma boa idéia!- disse Emily.- Peguem aquela bolsa e usem um Pokémon!

Davi e Tyson correram até uma bolsa caída no chão.

-Que Pokéball usamos?- perguntou Davi.
-Qualquer uma!- disse Tyson, pegando uma Pokéball.
-Ok, lá vamos nós!- disse Davi, pegando outra Pokéball.

Os dois jogaram as esferas, e um pequeno macaquinho vermelho saiu da Pokéball de Tyson.

-Um Chimchar!- exclamou Tyson, feliz.- As coisas vão esquentar um pouco, aqui! Use Ember!

Tyson apontou para os Bidoofs, e o Chimchar ficou parado, esperando alguma ordem.

-Use Ember!- repetiu Tyson.
-Ele só sabe Scratch, seu tonto!- avisou Emily.
-Então use Scratch!- comandou Tyson.

O Chimchar correu até um Bidoof e arranhou-o.

-Funcionou!- disse Tyson.
-Minha vez! Use Tackle!- exclamou Davi.

Um Turtwig saiu correndo do lado de Davi, pegando velocidade e acertando em cheio dois Bidoofs que saíram correndo.

-Haha, é isso aí!- comemorou Davi.

O Turtwig e o Chimchar ficaram lado a lado, encarando os Bidoofs. De repente, um grande Bibarel abriu caminho entre os Pokémon roedores.

-Opa, de onde esse surgiu?- perguntou Tyson.
-Um deles deve ter evoluído!- deduziu Davi.

O Bibarel saiu rolando em direção do Chimchar, acertando-o em cheio. Bibarel não parou de rolar, saindo em direção a Turtwig, que usou um Tackle, em vão.

-Essa não!- disseram Davi e Tyson.
-Ataquem em dupla!- sugeriu Emily.
-Vocês ouviram ela! Scratch, Chimchar!- comandou Tyson.
-E Tackle, Turtwig!- comandou Davi.

Turtwig e Chimchar usaram seus ataques contra o Bibarel, que usou o Rollout, atacando os dois, que foram lançados longe.

-Nós não temos chance contra esse Bibarel!- lamentou-se Davi.

Um Piplup se juntou aos outros dois Pokémon.

-Twist, você acordou!- exclamou Emily.
-Twist?- perguntou Tyson.
-É o meu Piplup, seu tonto!!!- disse Emily.
-Você gostou de me chamar de tonto, né?
-Parem com a Pokécada* e vamos atacar juntos!- disse Davi -Tackle!!!
-Scratch!!!
-Pound!!!

Turtwig lançou-se contra Bibarel, Chimchar arranhou-o e Piplup (ou Twist) atacou com seu braço. O inimigo não conseguiu defender-se e recuou.

-Deu certo!- disse Emily- Twist, bom Pound!

Twist cruzou os braços e fez uma cara de orgulhoso. O Bibarel olhou assustado para os Pokémon e saiu correndo.

-Eita, Pokémon covarde, esse!- disse Tyson, retornando Chimchar para a Pokéball.
-Bom, vamos devolver os Pokémon.- disse Davi.

Turtwig voltou para a Pokéball e Davi e Tyson colocaram as esferas na mão de Emily.

-Devolver...- disse Emily, pensando.

Davi e Tyson se olharam.

-Ah, já sei, ela vai deixar os Pokémon com a gente.- disse Tyson.

Emily olhou para Tyson.

-Só pra acabar com o clímax, né?- perguntou Emily.
-Ah, eu leio fics.- explicou Tyson- E o autor ‘tá sem idéias para essa parte.

Tyson tem razão.

-Valeu, autor!- agradeceu Tyson.
-Então fiquem com os Pokémon. A propósito, meu avô ia distribuí-los amanhã, ele abre uma exceção.- disse Emily, dando as Pokéballs.
-Seu avô distribui Pokémon?- perguntou Davi.
-É, sou neta de Rowan.
-Se eu estivesse tomando chá, cuspiria tudo.- disse Tyson, enquanto libertava seu Chimchar.

Tyson agachou-se até ficar cara a cara com o Pokémon.

-Seu nome vai ser Oriovaldo.- o Chimchar arranhou a bochecha de Tyson- Ahm, acho que Pyro é melhor, né?

O Chimchar sorriu e fez um sinal positivo com a cabeça.

-Bom, é oficial, aqui começa nossa jornada.- disse Davi.
-Sinceramente, não é muito direto isso, não?- perguntou Emily.
-É que já ocupamos sete páginas do Word.- explicou Davi.
-Então acho que o autor vai escrever um TO BE CONTINUED...- disse Tyson.

CONTINUA...

-CONTINUA, só pra me contrariar.- disse Tyson.
avatar
Kai Akiyama
Treinador Iniciante
Treinador Iniciante

Mensagens : 53
Data de inscrição : 29/09/2011
Idade : 21
Localização : Forks

Ficha do personagem
minha equipe minha equipe:
mochila mochila:
TMs e HMs TMs e HMs:

Voltar ao Topo Ir em baixo

capiturado Re: Pokemon-The Ultimate Journey

Mensagem por Willian Brown em Sex Nov 18, 2011 11:14 pm

Shooooow
muito bem elaborada muito bem narrada e inventada ingraçada
demais to sem palavras vc ganha um Eevee e 2 Gret boll's
avatar
Willian Brown
Treinador Iniciante
Treinador Iniciante

Mensagens : 52
Data de inscrição : 04/11/2011
Localização : em algum luga por ai O-O

Ficha do personagem
minha equipe minha equipe:
mochila mochila:
TMs e HMs TMs e HMs:

Voltar ao Topo Ir em baixo

capiturado Re: Pokemon-The Ultimate Journey

Mensagem por Caio Akiyama em Sab Nov 19, 2011 10:39 am

super legalllllllll
avatar
Caio Akiyama
Moderador
Moderador

Mensagens : 38
Data de inscrição : 13/09/2011

Ficha do personagem
minha equipe minha equipe:
mochila mochila:
TMs e HMs TMs e HMs:

Voltar ao Topo Ir em baixo

capiturado Re: Pokemon-The Ultimate Journey

Mensagem por Kai Akiyama em Sab Nov 19, 2011 11:11 am

Pokémon
The Ultimate Journey
Capitulo 2: Por favor, vovô!


No ultimo capitulo de Pokémon UTJ...
Davi e Tyson salvam uma garota, Emily, de um bando de Bidoofs. Depois de serem emprestados dois Pokémon, os três cooperam juntos para derrotar o líder Bibarel. Tyson então deduze que Emily deixará os Pokémon com eles, pois ele lê muitas FanFics. Agora, vamos focar na história de nossos heróis...

-Então, os Pokémon são nossos!- comemorou Davi, libertando seu Turtwig- O que acha do nome Leafy, companheiro?

O Turtwig demora a entender, mas faz que sim com a cabeça.

-Então seu nome vai ser Leafy! Finalmente vamos partir em nossas jornadas, Tyson!!!- disse Davi, quase surtando.
-É! Finalmente vou poder fazer o teste de Frontier Brain*!- comemorou Tyson.
-Frontier Brain?- disse Emily- Vai ser o Frontier Brain do Battle Heliport*?

Emily e Davi começaram a rir.

-Bom, acho que esse nome vai pra fora da lista de nomes...- disse Tyson, tirando um bloquinho do bolso e riscando com uma caneta.
-Haha, Battle Heliport, você pensou em colocar esse nome?- riu Davi.
-Ah, não é um nome tão ruim.- defendeu-se Tyson.
-É sim.
-Não é.
-É sim.
-Não é.
-Não é.
-É sim.

Davi sorriu.

-Opa.- disse Tyson
-Isso sempre funciona.- gabou-se Davi.

Tyson o ignorou.

-Vamos sair daqui logo e começar REALMENTE o capitulo.- disse Tyson, voltando Pyro para a Pokéball.
-É, vamos lá.- disse Davi, voltando Leafy também.

Davi e Tyson foram indo até a rota 201. Emily colocou Twist na Pokéball e saiu correndo atrás deles.

-Não me deixem sozinha aqui!


Em um laboratório em Sandgem, um pesquisador teclava no seu Pokénote, com uma Pokédex conectada, passando informações atualizadas dos 210 Pokémon que vivem em Sinnoh.

- Lowry, Emily já chegou com os Pokémon?- perguntou Prof. Rowan, finalizando a nova página de Chimchar.
-Ainda não, Professor.- respondeu um assistente.
-Emily e esses jovens de hoje...- disse Rowan- Provavelmente deve ter encontrado uma amiga no meio do caminho e começado a conversar e esquecido da vida.
-Concordo, Professor.- disse o assistente, fazendo um sim com a cabeça.


A uma pequena distancia, Emily estava quase surtando.

-Vamos entrar na liga Pokémon!- comemoravam Davi e Tyson, dançando enquanto andavam- Vamos entrar na liga Pokémon!
-E de acordo com as Fics que leio, a Emily não!- disse Tyson.
-Bom, suas Fics estão certas.- disse Emily- Vou ser...
-Coordenadora?
-Não. Colecionadora.
-Autor, você está desrespeitando as regras das Fics.- avisou Tyson.

Em algumas Fics o melhor amigo do principal morre, sabia, Tyson?

-Hum... Vou ficar quietinho.- disse Tyson- Falta muito pra Sandgem?
-Não, deve estar logo adiante.- disse Emily.
-Legal.- disse Davi.

Alguns minutos depois, os três chegaram a Sandgem, a cidade da areia. Não era uma cidade muito grande, havia o famoso Laboratório Pokémon, um Pokécenter, um Pokémart e algumas casas.

-Venham, vamos falar com meu avô.- disse Emily, entrando no laboratório.
-Então tá.- disse Davi, e entrou.
-Esperem por mim!- disse Tyson, entrando em seguida.

Professor Rowan tomou um gole de sua caneca de café e virou-se.

-Emily, finalmente chegou!- disse ele, largando a caneca no balcão- Trouxe os Pokémon?
-Claro. Bom, um Starly, pelo menos.- disse Emily, entregando a sua bolsa para o avô.
-Por que só um Starly?
-Bom, digamos que eu fiquei com um trauma de Bidoofs essa manhã.
-E onde estão o Turtwig e o Chimchar?- perguntou Rowan, já desconfiando.
-Você quer dizer Pyro.- disse Tyson.
-E Leafy.- completou Davi.
-Pyro e Leafy?- perguntou Rowan- Ah, já sei. Deu os Pokémon para novatos de novo?
-Sabe, é uma história engraçada...- disse Emily- É que...

Rowan estreitou os olhos. Emily se ajoelhou diante dele.

-Por favor, não me mate, vovô!
-É não faça nosso resgate ser em vão!- pediu Davi.
-Resgate?- perguntou Rowan.
-Ah, é outra história engraçada.- disse Emily.
-Foi atacada por Bidoofs de novo?
-Por favor, não me mate duplamente!

Rowan riu.

-Eu não vou matar ninguém. Podem ficar com os Pokémon.- disse Rowan.
-Sério?- perguntou Tyson.
-Não.
-Oh.
-Brincadeira, podem ficar com os Pokémon, por terem salvado minha neta.- disse Rowan, rindo- E vocês me lembram Lukas e Barry.
-Obrigado, professor.- agradeceu Davi.
-Agora é oficial, vamos desafiar a liga!- disse Tyson.
-E Emily vai com vocês.- disse Rowan.
-O queeeeeeeê?- exclamaram os três.
-Ela precisa capturar os Pokémon de Sinnoh para mim. E ela não pode ser atacada por Bidoofs de novo, na minha opinião.- justificou Rowan.
-Legal, viramos guarda-costas.- disse Tyson.
-Ah, não considerem assim. Façam de conta que ela é um cachorro.- disse Rowan.

Emily fez uma cara horrorizada.

-Poxa, ninguém ri das minhas piadas.- reclamou Rowan.
-É , Professor, você é um fracasso nas piadas.- comentou Lowry, o assistente.
-Oras, olhe seu nome. Low-ry! Se mudar um pouco fica Non-ri!- disse o professor.

Ninguém riu.

-Ah, coloca logo um CONTINUA...- pediu Rowan.

TO BE CONTINUED...

-Haha, dessa vez não foi comigo.- disse Tyson.
avatar
Kai Akiyama
Treinador Iniciante
Treinador Iniciante

Mensagens : 53
Data de inscrição : 29/09/2011
Idade : 21
Localização : Forks

Ficha do personagem
minha equipe minha equipe:
mochila mochila:
TMs e HMs TMs e HMs:

Voltar ao Topo Ir em baixo

capiturado Re: Pokemon-The Ultimate Journey

Mensagem por Kai Akiyama em Sab Nov 19, 2011 11:17 am

Pokémon
The Ultimate Journey
Capitulo 3: Captura Pokémon! Psyduck, o primeiro alvo!


No ultimo capítulo de Pokémon UTJ...
Davi, Tyson e Emily chegam em Sandgem Town, onde tentam convencer Professor Rowan a deixar os Pokémon com Davi e Tyson. Depois de piadas fracassadas, Rowan deixa Leafy e Pyro com os heróis, e decide que Emily viajará com os dois. Agora, vamos voltar aos nossos heróis que não fizeram nada de heróico...

-Tenho a impressão de que alguém sempre está zoando a gente- disse Tyson, depois de a enfermeira Joy devolver sua Pokédex.
-Agora você está registrado oficialmente no desafio Frontier.- disse a enfermeira para Tyson- Agora você.

Davi entregou a Pokédex para a Joy, que encaixou em um compartimento de uma máquina.

-Tyson, você vive tendo impressões.- disse Davi.
-Culpa do autor.- disse Tyson.

Vem cá, o que você tem contra mim?

-Nada, mas você bem que podia me deixar capturar um Arceus.- disse Tyson.

Não. Eu controlo você.

-Um dia esse autor vai se ferrar.

Enquanto isso eu vou pensar em como você vai morrer...

-Afinal, ele é muito bonzinho- disse Tyson, forçando um sorriso.

Melhorou.

-Obrigado.
-Pronto, Davi, agora você está registrado na Liga Pokémon de Sinnoh.- disse a enfermeira Joy, devolvendo a Pokédex.- Boa sorte para na liga. E com essa psicótica.

Joy apontou para Emily, que estava sentada no chão, abraçando os joelhos.

-Por que, vovô, por quê?- perguntou ela.
-Ah, isso nem é tão ruim.- disse Davi- Olhe pelo lado bom, o Tyson comeu o café da manhã.
-O que ele faz quando não come o café da manhã?- perguntou Emily.
-Nem queira saber.

Emily se levantou.

-Então tá, vamos indo.
-De acordo com o mapa, a cidade mais próxima que tem ginásio é Oreburgh.- disse Davi.
-Por que não vamos para Canavale?- perguntou Tyson.
-Ah, são as regras da Liga. Os Pokémon do ginásio de lá são muito fortes.- explicou Davi.
-Então temos que seguir pela rota 202 para chegar em Jubilife, depois pegamos a rota 203 e logo chegamos lá.- disse Emily.
-Isso mesmo.- confirmou Davi.

Os três saíram do PokéCenter e foram para uma rota ao Norte da cidade. Depois de algum tempo, Davi perguntou para Emily.

-Se Rowan é seu avô é o Professor Rowan, quem são seus pais?

Emily hesitou um pouco.

-Lukas e Dawn.- respondeu ela, como se fosse a coisa mais obvia do mundo.
-Meu Arceus, será que eu sou o único que não tenho pais famosos?- perguntou Davi.
-Por quê? Tyson, você tem algum familiar famoso?- perguntou Emily.

Tyson sorriu e seus olhos brilharam.

-Barry, o Frontier Brain da Battle Tower.- respondeu ele.

Davi ficou triste.

-Meu pai viajou para algum lugar quando eu era bebê e nunca mais voltou.- disse Davi- É difícil ser personagem principal de FanFic.
-Bom, de qualquer jeito...- disse Emily, mas um Psyduck passou correndo na frente dela, fazendo a tropeçar- O que os Pokémon tem contra mim?

Davi jogou uma Pokéball para o alto, liberando Leafy.

-Use o Tackle!- o Turtwig lançou se contra o Psyduck, jogando-o contra uma árvore.

O Pokémon Pato ficou zangado e tentou um Scratch, mas Davi rapidamente ordenou:

-Withdraw!

Leafy se encolheu e seu corpo brilhou numa cor azulada. O Psyduck usou Scratch, mas acabou machucando a mão.

-Agora, Tackle de novo!

Leafy atacou mais uma vez, mas o Psyduck disparou um jato de água do bico, impedindo ele de atacar.

-É um Water Gun!- avisou Emily.

Leafy avançou contra a água, e a folha em sua cabeça começou a brilhar. Surpreendendo a todos, Leafy balançou a cabeça, e varias folhas acertaram o Psyduck, que caiu no chão, quase nocauteado.

-Leafy aprendeu Razor Leaf!- disse Davi- Pokéball, GO!

Davi jogou uma Pokéball em Psyduck, que se transformou em uma energia vermelha, que entrou na esfera. Depois de balançar três vezes, a Pokéball emitiu pequenas faíscas amarelas.

-Isso! Capturei um Psyduck!!!- comemorou Davi- Boa batalha, Leafy!

O Turtwig pulou na cabeça de Davi e balançou a cabeça.

-Bom, acho que agora que o principal do capitulo aconteceu, dá pra colocar um TO BE CONTINUED...- disse Tyson.

CONTINUA...

-Isso já tá irritando.- disse Tyson.
avatar
Kai Akiyama
Treinador Iniciante
Treinador Iniciante

Mensagens : 53
Data de inscrição : 29/09/2011
Idade : 21
Localização : Forks

Ficha do personagem
minha equipe minha equipe:
mochila mochila:
TMs e HMs TMs e HMs:

Voltar ao Topo Ir em baixo

capiturado Re: Pokemon-The Ultimate Journey

Mensagem por Kai Akiyama em Sab Nov 19, 2011 11:34 am

Pokémon
The Ultimate Journey
Capitulo 4: A marcha dos Geodudes! Salve-nos, Pyro!


Anteriormente em Pokémon UTJ...
Davi, Tyson e Emily saíram em direção a Jubilife, e depois de se conhecerem melhor e Emily tropeçar em um Pokémon, Davi capturou um Psyduck. Agora, vamos focar em nossos heróis que AINDA não fizeram nada heróico...

Davi, Tyson e Emily caminharam pela rota 202, e o céu já escurecia.

-Nos jogos eu só demoro cinco minutos pra passar por essa rota.- comentou Tyson.
-Ênfase: nos JOGOS.- disse Emily, aborrecida.

Davi sentiu um pingo de chuva cair em sua testa.

-Ei, lá vem um toró.- disse Davi.

Tyson começou a rir.

-Que foi?- perguntou Davi.
-Toró.- disse Tyson, rindo- Ninguém mais diz isso.

Davi ignorou-o.

-Acho que não vamos chegar em Jubilife hoje.
-É. Vamos arranjar um lugar pra acampar.- sugeriu Emily.
-Apoiado.

Os três procuraram por alguns minutos e acharam uma caverna perfeita para se protegerem da chuva.

-Que tal aqui?- sugeriu Davi.
-Ótimo.- disse Tyson- Quem se oferece a buscar gravetos para a fogueira?

Ninguém falou nada.

-Eu!- disse Tyson, imitando a voz de Emily.
-O quê? Eu não!- reclamou ela.
-Ué, agora já é tarde pra mudar de idéia. Eu e Davi vamos ver o resto da caverna.- disse Tyson.
-Mas eu nem disse nada!- reclamou Davi.
-Não se faça de coitado!

Tyson saiu correndo para o fundo da caverna. Davi deu de ombros e saiu correndo atrás deles.

-... Obrigado pela ajuda.- resmungou Emily, e saiu da caverna para procurar gravetos.



-Psyduck, Scratch mais uma vez!- ordenou Davi, e seu Psyduck acertou um Zubat, deixando-o tonto- GO, Pokéball!!!

Davi lançou uma Pokéball no Zubat desorientado. Após alguns instantes, faíscas saíram da esfera, indicando sucesso.

-Isso!- disse Davi.
-Parabéns! Boa batalha!- elogiou Tyson.
-Você bem que podia capturar alguns Pokémon, não vai conseguir vencer Roark, o líder de ginásio, só com o Pyro.- disse Davi.
-Ah, eu tenho meus planos.- disse Tyson.

Os dois adentraram mais a caverna.

-Hum, boa sorte com esses planos.- disse Davi.


Emily voltou para a caverna e largou um monte de gravetos no chão. Sentou de pernas cruzadas e pegou duas pedras do chão. Raspou as duas e fez uma fogueira.

-Fácil como comer bolo.- comentou para si mesma.

Pegou um saco de marshmallows e colocou fones de ouvido e começou a ouvir música no seu MP4.

-Pobre Marshmallow.- disse Emily, enquanto observava o doce queimar na fogueira.



Davi e Tyson recuaram até bater numa parede. Um bando de Geodudes surgiu das sombras.

-Estamos ferrados.- disse Davi.
-Por que não solta o Psyduck?- perguntou Tyson.
-Ele tá muito cansado da ultima batalha.- disse Davi.
-E o Leafy?- insistiu Tyson.
-Nocauteado pro um Wing Attack.- disse Davi.
-Mas que maravilha.- brincou Tyson, nervoso, enquanto os Geodudes avançavam.- Parece até aquele filme de terror, “A marcha dos Geodudes”.

Davi olhou para Tyson.

-Nossa, comparar nossa situação com um filme de terror me deixou super confiante.
-ACUDAM!!!


Emily tirou os fones de ouvido e olhou para os lados, pensando em ter ouvido alguém gritar “Acudam!”.

-Ué.- disse ela, e olhou para o marshmallow que queimava na fogueira- Pensei que marshmallows não falavam.


-Tyson, Tyson, libere o Pyro!- pediu Davi.
-Mas ele só conhece Scratch e Ember!- disse Tyson.
-E Leer! Esse ataque diminui a defesa do oponente! Assim você pode ter uma pequena chance de derrotá-los com Scratch!- explicou Davi.

Tyson entendeu o plano e lançou uma Pokéball, que liberou Pyro, o Chimchar.

-Use o Leer!- ordenou Tyson.

Os olhos de Pyro brilharam em amarelo e os Geodudes ficaram intimidados.

-Continue!- pediu Tyson.

A defesa dos Geodudes continuou a baixar. Tyson ficou confiante e mudou a ordem para Scratch, e Pyro começou a arranhar os Geodudes, que caiam indefesos depois de uma série de golpes.

-Isso! Arrebenta com eles, Pyro!- incentivou Tyson.

Pyro derrotou mais dois Geodudes, mas parou.

-Epa, o que aconteceu?- perguntou Tyson- Ainda faltam dez Geodudes em pé!
-O PP* do Scratch acabou! Ele não pode mais usar o golpe!- anunciou Davi- Traduzindo: nos ferramos!
-Adoro o seu jeito otimista, Davi- brincou Tyson- Pyro, você tem que lutar! Nos ajude!

Pyro lançou pequenas bolas de fogo pela mão, mas os Geodudes simplesmente ignoraram o golpe e avançaram.

-O Ember não funcionou! Leer funciona só para Defesa, e não Defesa Especial!- disse Tyson.

Os Geodudes ficaram em formado de bola e acertaram Pyro, rolando.

-Estão acertando o Pyro com Rollout!- disse Davi.

Pyro se agachou, machucado. A chama, que era sua cauda, estava fraca, quase se apagando*²!

-Não!- gritou Tyson.

Pyro fechou os olhos e grunhiu, como se estivesse dizendo que não ia agüentar.

-Por favor, Pyro, nos ajude!!!- gritou Tyson.

Pyro abriu os olhos. A sua cauda emitiu mais fogo e o pequeno Chimchar começou a brilhar.

-Evolução! Ele está evoluindo!- disse Davi.

Os braços de Pyro cresceram, além de suas pernas. Um circulo azul contornou cada olho dele. Em lugar da chama, agora sua cauda era “de verdade”, com uma chama na ponta. Pyro agora era um Monferno!
Pyro pulou como o macaco que era e saiu a toda velocidade, acertando um soco num Geodude, que desmaiou na hora.

-Ele aprendeu o golpe Mach Punch!- disse Tyson, emocionado- Acerte eles!

Pyro acertou o resto dos Pokémon rocha com socos. Cada soco nocauteava de uma vez, deixando os Geodudes sem chance de se defender.

-Mach Punch, além de ser do tipo Fighting, sempre acerta primeiro!- disse Davi.

Pyro se dirigiu até seu treinador, que acariciou sua cabeça.

-Obrigado, amigão.- disse Tyson.
-É isso aí, Pyro, mandou bem!- disse Davi.

O Monferno grunhiu, satisfeito pelo bom trabalho. Davi jogou uma Pokéball num Geodude e capturou-o.

-Já não tem muitos Pokémon?- perguntou Tyson.
-Ah, esse é só pra ajudar a Emily.- disse Davi.

Tyson fez cara de deboche.

-Ah, nem venha!- disse Davi.


Davi e Tyson chegaram até a fogueira, onde Emily assava marshmallows.

-Oi, Emily.- disseram os dois.
-Oi. Como foi a exploração?- perguntou ela.
-Fomos atacados por Geodudes- disse Davi- Não ouviu os gritos do Tyson?
-Pensei que fosse meu marshmallow assando.
-Pyro evoluiu. Davi capturou um Zubat.- falou Tyson, casualmente.
-Falando em capturar, olha um Geodude pra ajudar seu avô.- disse Davi, jogando uma Pokéball para Emily.
-Antes você disse que era pra Emily, e não pro Professor Rowan.- disse Tyson, desconfiado.
-Fecha a boca, que daí não entra Yanma!- disse Davi.
-Então tá. Joga um marshmallow aí!- pediu Tyson.

Emily jogou um marshmallow, que Tyson assou e comeu.

-Autor, já pode colocar um CONTINUA...- disse Tyson, com a boca melada.

TO BE CONTINUED...

-Sem comentários...- disse Tyson.
-Por que a ultima fala é sempre sua?- perguntou Davi.
-Porque eu sou o CARA.- respondeu Tyson.

avatar
Kai Akiyama
Treinador Iniciante
Treinador Iniciante

Mensagens : 53
Data de inscrição : 29/09/2011
Idade : 21
Localização : Forks

Ficha do personagem
minha equipe minha equipe:
mochila mochila:
TMs e HMs TMs e HMs:

Voltar ao Topo Ir em baixo

capiturado Re: Pokemon-The Ultimate Journey

Mensagem por Kai Akiyama em Sab Nov 19, 2011 2:17 pm

Pokémon
The Ultimate Journey
Capitulo 5: O fóssil pré-histórico!


Anteriormente em Pokémon UTJ...
Davi, Tyson e Emily tiveram que se abrigar em uma caverna. Em uma exploração da caverna, Davi capturou um Zubat e o Chimchar de Tyson salvou-os de um bando de Geodudes, evoluindo para Monferno. Agora, sem piadinha, vamos focar nos nossos heróis...


-Whoa, essa Pokétech é demais!- disse Tyson, mexendo num relógio em seu pulso.
-Ahm, vamos ver... É a décima primeira vez que você diz isso!- disse Emily.
-Mas É demais!- exclamou Tyson.
-Décima segunda.- disse Davi- Já estamos quase chegando na Oreburgh Gate...

Isso mesmo, nossos heróis já estão atravessando a rota 203. Hum, você deve estar se perguntando o que eles fizeram em Jubilife... NADA! Eu não tive criatividade!

-Ei, Tyson, você vai tropeçar numa rocha!- avisou Emily.
-Haha! Muito engraçado, Emily! Eu não vou cair nessa!- disse Tyson.

Tyson tropeçou numa rocha e caiu.

-É, você “caiu” nessa.- disse Davi.

Davi e Emily começaram a rir de Tyson.

-Oras, vamos logo para Oreburgh!- disse Tyson.

Logo eles chegaram numa caverna, que atravessaram em poucos minutos.

-Hum, taí um local que respeita a demora dos jogos.- disse Tyson.

Na saída da caverna, uma escada natural levava a uma cidade. Havia casas, um Pokécenter, um Pokémart, um ginásio. Ao norte, outra rota se encontrava. Ao sul, uma mina estava em funcionamento.

-Legal!- disse Davi.
-Vou desafiar o ginásio!- exclamou Tyson.
-Calma!- disse Davi- Você não vai conseguir vencer só com o Pyro!
-Mas ele detonou aqueles Geodudes, e além disso, o ginásio é do tipo Rock!- disse Tyson.
-Mas aqueles Geodudes eram selvagens, deviam ser bem fracos! Mas os Pokémon de Roark são bem mais fortes! Pyro é fraco contra golpes do tipo Rock, portanto você precisa de outros Pokémon!

Tyson pensou um pouco.

-Sabe, você tem razão! Não quero ser humilhado! Vou capturar algum Pokémon na Oreburgh Mine!- disse Tyson, e saiu correndo até a mina.
-Eu acho que ele não me ouviu.- disse Davi.
-... Não me surpreendo.- disse Emily.


Pyro nocauteou um Geodude com um Mach Punch.

-Fracos demais...- disse Tyson- Se aqui tivesse um Pokémon forte.

Um funcionário ouviu Tyson e foi falar com ele.

-O que foi que você disse?- perguntou o funcionário.
-Disse que aqui não tem nenhum Pokémon forte.- disse Tyson.
-Oras, se você quer um Pokémon forte, procure bem.- disse o funcionário, e voltou a pegar uma picareta e abriu uma rachadura na parede.

Tyson observou-o achar as mais estranhas coisas. Até que teve uma idéia.

-Já sei!- disse Tyson.


Davi e Emily foram até o ginásio, onde encontraram um garoto na entrada.

-Oi.- disse ele.
-Oi.- responderam os dois.
-Vieram desafiar Roark?- perguntou o garoto- Eu sou Riro.
-Só eu vim desafiar. E meu nome é Davi.- disse Davi.
-Emily.- apresentou-se Emily.
-Ah. Roark não está.- disse Riro.
-Haha, que boa noticia.- brincou Davi.
-Acho que ele está na mina. Foi o que me disseram.

Os três ficaram um tempo quietos.

-Que tal uma batalha?- perguntou Riro.
-1 a 1?- perguntou Davi.
-É.- confirmou Riro.
-Tô nessa.- disse Davi.
-Meu Arceus, isso foi bem direto.- disse Emily.


Em Oreburgh Mine, Tyson ordenou que Pyro usasse Mach Punch no chão.

-Isso mesmo!- elogiou Tyson, enquanto seu Monferno abria rachaduras no chão.

Pedras saltavam, mas nada de interessante surgia das rachaduras.

-De acordo com o Pokétech, tem um perto!- disse Tyson.

Pyro quebrou uma parte do chão, e um fóssil saiu voando. Tyson o pegou bem a tempo.

-Bom trabalho, Pyro! Pode voltar!- disse Tyson, voltando Pyro para a Pokéball.


Davi liberou Leafy, enquanto Riro liberou um Porygon.

-Vamos detonar, Zoom!- exclamou Riro.
-Zoom?- perguntou Emily.
-É o nome do meu Porygon. Use o Psybeam!- disse Riro.

Zoom lançou um raio multicolorido em Leafy, que bateu numa rocha.

-Leafy, levante e use Razor Leaf!- ordenou Davi.

Leafy lançou varias folhas em Zoom, que recuou.

-Zoom, use o Conversion!

Zoom mudou sua cor para verde.

-Isso! Tipo Grass!- exclamou Riro.
-O que tem o tipo Grass?- perguntou Davi.
-O movimento Conversion muda o tipo do usuário para o tipo de um dos ataques do oponente!- explicou Riro- O Conversion copiou o tipo do Razor Leaf, Grass!
-Essa não, agora o Razor Leaf é pouco efetivo contra ele!- disse Davi- Use Tackle, então!
-Tackle também, Zoom!

Leafy e Zoom se chocaram um contra o outro.

-Essa batalha vai durar...- disse Emily.


Tyson apontou o Pokétech para o fóssil.

-Vai, reviva o DNA!- exclamou Tyson.

O Pokétech emitiu um som e o fóssil começou a brilhar, chamando a atenção de um homem jovem, usando um capacete vermelho.

-Hum, um menino revivendo um fóssil. Isso não se vê todo dia.- disse ele.

O fóssil emitiu um Flash ofuscante e quando Tyson abriu os olhos, um pequeno Pokémon quadrúpede com uma cabeça de escudo estava em suas mãos.

-Um Shieldon!- exclamou Tyson, e o Pokémon mordeu sua cabeça- Ai, calma! Seus dentes são afiados!
-Sinceramente, eu prefiro os Cranidos...- disse o homem do capacete vermelho.
-Ahm?- perguntou Tyson, tirando Shieldon de sua cabeça- Você não é... Você não é Roark?
-Sou eu mesmo, Roark! Líder de ginásio de Oreburgh e membro do trio dos mestres de escavação de Sinnoh.- disse o homem- Belo Shieldon que você tem.
-Obrigado, senhor Roark!
-Senhor? Eu só tenho vinte e cinco anos, garoto.
-Oh, me desculpe, senhor Roark!

Roark suspirou.

-Você deve estar na cidade para me desafiar, não é?- perguntou Roark.
-Sim!- disse Tyson.
-Então venha me ver no ginásio amanhã, quando estarei aceitando desafios.- disse Roark, e foi para mais fundo da mina.


Leafy e Zoom se chocaram de novo.

-Leafy, Tackle!- exclamou Davi.

Zoom desviou do ataque por pouco, girando e lançando um Psybeam.

-Leafy!- exclamou Davi.

Leafy se levantou. Uma aura verde começou a emanar dele.

-É... O Overgrow! A habilidade de Leafy! Aumenta o poder dos ataques de Grass dele quando estiver realmente fraco!- disse Davi- Use o Tackle!

Leafy acertou Porygon. Tyson chegou e observou a batalha.

-Whoa, isso que eu chamo de batalha!- disse Tyson, quando um Razor Leaf e um Psybeam se chocaram e explodiram.

Uma fumaça cercou os dois Pokémon.

-Leafy, Tackle!
-Você também, Zoom!

Do meio da fumaça, os dois Pokémon se chocaram, mas continuaram se confrontando, tentando vencer a força do outro. Até que os dois desistiram e caíram no chão, ambos nocauteados.

-Nossa.- disse Davi.
-Nossa mesmo.- disse Riro.

Ambos retornaram seus Pokémon para as Pokéballs e apertaram as mãos.

-Boa batalha!- elogiou Davi.
-Você também foi ótimo!- disse Riro- Espero te enfrentar outra vez. Mas eu vou vencer, então. Tchau, estou indo para Eterna.
-Mas você não vai desafiar Roark?- perguntou Emily.
-Não, eu já derrotei ele. Aqui está minha Coal Badge, viram?- disse Riro, mostrando uma insígnia- Boa sorte. Eu realmente tenho que ir. Até algum dia!

Riro saiu andando até a Oreburgh Gate.

-Boa batalha, Davi!- elogiou Tyson.
-Tyson! Conseguiu um Pokémon?- perguntou Davi.
-Sim!- disse Tyson, e liberou seu mais novo Pokémon- Um Shieldon!
-Pelo amor de Arceus, como você conseguiu um Shieldon?- perguntou Emily.
-Ah, é uma longa história.- disse Tyson- Eu conto enquanto o autor coloca um TO BE CONTINUED...

CONTINUA...

-Maldição!- comentou Tyson.
avatar
Kai Akiyama
Treinador Iniciante
Treinador Iniciante

Mensagens : 53
Data de inscrição : 29/09/2011
Idade : 21
Localização : Forks

Ficha do personagem
minha equipe minha equipe:
mochila mochila:
TMs e HMs TMs e HMs:

Voltar ao Topo Ir em baixo

capiturado Re: Pokemon-The Ultimate Journey

Mensagem por Kai Akiyama em Sab Nov 19, 2011 6:14 pm

Pokémon
The Ultimate Journey
Capitulo 6: Batalha de ginásio! Roark e Cranidos!


Anteriormente em Pokémon UTJ...
Davi teve uma batalha com Riro e seu Porygon, ganhando um rival poderoso. Tyson encontrou um fóssil pré-histórico que acabou virando um Shieldon. Agora, voltando aos heróis...


-É hoje o dia!- exclamou Davi, enquanto os três saiam do Pokécenter depois de uma noite de descanso.

Tyson repetiu a fala do amigo e apontou para o ginásio.

-Hoje, vamos sair vitoriosos daquele lugar!

Emily sorriu.

-Boa sorte. Mas meu pai me contou que até ele teve dificuldade em vencer Roark.- disse ela.
-Ah, mas nós vamos vencer com certeza!- disse Tyson.
-É isso aí! Dale nós!- concordou Davi.

Depois de andarem um pouco, chegaram no ginásio. Dentro havia um campo rochoso, com pedras saltando do solo. Do outro lado, Roark tomava um copo d’água.

-Se não é Tyson e duas pessoas que eu não conheço.- disse ele, largando o copo.
-Eu sou Davi! Vim te desafiar para uma batalha de ginásio!- disse Davi.
-E eu sou Emily. Só vim assistir.- disse Emily.
-Dá pra perceber a animação dela a quilômetros de distancia.- ironizou Tyson.
-Tonto.- comentou Emily, sentando numa arquibancada do lado do campo de batalha.
-Você é tão má comigo.- disse ele, magoado.

Tyson sentou também e Davi se preparou para a batalha. Um juiz foi para o lado oposto da arquibancada e fez sinal com uma bandeira.

-Que comece a batalha!- gritou o juiz.
-Vai, Psyduck!- exclamou Davi, e soltou o Pokémon Pato da Pokéball.
-Geodude, acabe com ele!- disse Roark, lançando seu Geodude- Pode começar!
-Psyduck, Water Gun!- disse Davi.

Psyduck lançou um jato d’água de seu bico, que lançou o Geodude até uma rocha.

-Rock Throw!- ordenou Roark, e o Geodude arrancou a pedra com uma mão e lançou-a em Psyduck, que recuou um pouco- Seguido de Rollout!

Geodude saiu rolando em alta velocidade em direção a Psyduck.

-Confusion!- exclamou Davi, e Psyduck usou o poder da mente para lançar Geodude de volta.
-Defense Curl!- pediu Roark, e Geodude foi rodeado por uma luz azul rapidamente, aumentando sua defesa- Rollout mais uma vez.

Geodude dessa vez acertou, fazendo Psyduck sair voando até bater numa rocha.

-Essa não! O Defense Curl também aumenta a força do ataque Rollout, vou ter que fazer alguma coisa... Psyduck, retorne!- disse Davi, chamando Psyduck de volta para a Pokéball- Leafy, é a sua vez!

Davi soltou Leafy, que grunhiu para Geodude.

-Rock Throw!- ordenou Roark, e Geodude lançou uma pedra.
-Tackle!- pediu Davi.
-O quê?!- exclamou Tyson.
-Tackle é do tipo Normal, Davi! Você ficou louco?!- exclamou Emily.
-Pule, gire e use Withdraw junto com Razor Leaf!- disse Davi, confiante.

Leafy pulou, começou a girar, usando Withdraw. A rocha colidiu com ele, se despedaçando em pedaços. Em seguida, o Turtwig usou Razor Leaf, lançando folhas em Geodude, que caiu nocauteado.

-Ah, entendi. Leafy usou a velocidade do Tackle para dar mais impulso nos giros, então usou o Withdraw para destruir a rocha, já aproveitando pra lançar um Razor Leaf com mais poder ainda!- deduziu Emily- Davi é mesmo um bom estrategista.

Emily olhou com olhos brilhando* para Davi, que sorria por a estratégia ter dado certo. Tyson estranhou.

-Se não te conhece-se diria que está...- foi dizendo Tyson, mas sendo acertado por um soco de Emily.
-Você não me conhece!- disse ela.
-Conheço o seu lado violento. Olha, Starlys rodeando minha cabeça!- disse Tyson, tonto.

Davi voltou Leafy e soltou Psyduck de novo, enquanto Roark lançava uma cobra de pedras gigante, um Onix.

-Onix, use o Rage!- ordenou Roark.

Onix estreitou os olhos e tentou acertar um golpe com a cauda, mas Psyduck desviou pulando.

-Water Gun!- exclamou Davi.

Psyduck lançou um Water Gun em pleno ar, que além de causar dano em Onix, lançou-o para trás. Onix estreitou ainda mais os olhos e tentou acertar Psyduck com a cauda, mas errando por pouco.

-Rock Throw!- exclamou Roark, e Onix lançou uma pedra na direção de Psyduck.
-Water Gun para cima!- pediu Davi.

Psyduck lançou o Water Gun para cima, fazendo-o pegar impulso para baixo e desviar do ataque de Onix. A pedra se espatifou no teto, e Psyduck aproveitou para acertá-lo com mais um Water Gun!

-Stealth Rock!E depois libere o poder total de seu Rage!- ordenou Roark.

Onix soltou alguns raios brancos de sua boca, que se transformaram em rochas, que ficaram flutuando pela arena. Depois saiu a toda velocidade na direção de Psyduck.

-Tente pará-lo com Confusion!- exclamou Davi.

Psyduck fez Onix parar por alguns segundos usando o poder da mente, mas não agüentou e Onix acabou nocauteando-o com o ataque.

-O ataque Rage vai aumentando seu poder com cada golpe que o Pokémon sofre!- disse Roark.

Davi pegou uma Pokéball mas hesitou um pouco, olhando para as pedras flutuantes.

-Vamos lá, Davi!- gritou Tyson.
-Você consegue!- incentivou Emily.

Davi sorriu para os dois e pegou outra Pokéball. Lançou-a e libertou Zubat.

-Davi, os Pokémon do tipo Flying são fracos contra o tipo Rock!- exclamou Emily.
-Eu sei!- disse ele- Mas eu só quero resolver uns probleminhas!

Emily pensou um pouco, mas depois de lembrar a estratégia de antes relaxou.

-Então, boa sorte!- disse ela.

As pedras flutuantes saíram em direção de Zubat.

-Wing Attack!- exclamou Davi.

As asas de Zubat brilharam e ele acertou as rochas, acertando as que vinham com as asas. Depois voou em direção a cabeça de Onix e acertou-o com toda a força.

-Volte, Zubat!- disse Davi, e chamou Zubat de volta, depois lançando Leafy- De volta a ação! Razor Leaf!

Leafy disparou folhas em Onix, que caiu nocauteado.

-Vejo que sabe o efeito do golpe Stealth Rock- disse Roark, enquanto voltava Onix para a Pokéball- Quando o oponente muda o Pokémon, as rochas atingem o Pokémon, e depois voltam para as posições originais.
-Isso mesmo. Mas com alguns golpes e um bom planejamento, o efeito pode ser quebrado.- disse Davi, sorrindo.
-Mas agora está na hora do meu ultimo Pokémon derrotá-lo! Vá, Cranidos!- disse Roark, e lançou um Pokémon com aparência de dinossauro.

Leafy balançou a folha em sua cabeça de um lado para o outro.

-Ok, vamos lá! Leafy, use o Tackle para ganhar velocidade!- ordenou Davi.

Leafy correu na direção de Cranidos.

-Agora, use o Razor...- disse Davi.
-Headbutt!- interrompeu Roark.

Cranidos correu com extrema velocidade e deu uma cabeçada em Leafy, que saiu rolando para trás.

-Mesmo sendo um Pokémon do tipo Rock, ele é bem rápido!- comentou Davi- Parece que não posso contar com velocidade agora!
-Take Down!- exclamou Roark.

Cranidos correu com a cabeça abaixada, então chegou em Leafy e levantou a cabeça, lançando-o para cima.

-Razor Leaf!- exclamou Davi.

Leafy girou no ar lançando várias folhas na direção de Cranidos, que pulou e repeliu algumas com Headbutt.

-Cuidado, Leafy! Desvie pro lado!- gritou Davi.

Leafy pegou impulso para trás, enquanto Cranidos acertava o ar. Os dois Pokémon se encaram em pleno ar. Leafy então usou Tackle, acertando a barriga de Cranidos, levando-o para o chão junto com si próprio. Uma explosão de areia ocorreu quando os dois bateram no chão, cobrindo os dois.

-Isso, Leafy!
-Cranidos! Headbutt!- gritou Roark.

Cranidos saiu do meio da confusão usando Headbutt, e em suas costas estava... Leafy!

-O quê?!- exclamou Roark.
-Leafy, pule para fora e use Razor Leaf!- ordenou Davi.

Leafy pulou girando para trás.

-Cranidos, cuidado!!!

Mas já era tarde. Cranidos se virou, mas foi atingido em cheio pelo Razor Leaf. Ele caiu no chão exausto, fora de combate!

-Isso, Leafy! Conseguimos!- comemorou Davi, abraçando o Pokémon.
-É isso aí, Davi!- gritaram Tyson e Emily.

Roark voltou Cranidos para a Pokéball e foi parabenizar Davi.

-Parabéns, garoto! Você acaba de dar seu primeiro passo na liga Pokémon de Sinnoh!- disse ele- Aqui está sua Coal Badge!

Roark entregou uma insígnia para Davi.

-Minha primeira Badge!- disse ele, feliz.

Davi colocou a Badge num estojo.

-Bom, acho que agora é minha vez.- disse Tyson, e foi até a arena.

Roark colocou suas Pokéballs numa máquina. Depois retirou-as, com os Pokémon curados.

-É. Prepare-se, porque eu não vou pegar leve como fiz com Davi.- disse Roark.
-Ah, sei, pegou leve.- disse Davi- Até parece.

Roark fez uma careta.

-Epa, oito páginas!- disse Roark- Autor, coloca um CONTINUA...

TO BE CONTINUED...

-Adoro quando não é comigo.- comentou Tyson, feliz.

avatar
Kai Akiyama
Treinador Iniciante
Treinador Iniciante

Mensagens : 53
Data de inscrição : 29/09/2011
Idade : 21
Localização : Forks

Ficha do personagem
minha equipe minha equipe:
mochila mochila:
TMs e HMs TMs e HMs:

Voltar ao Topo Ir em baixo

capiturado Re: Pokemon-The Ultimate Journey

Mensagem por Kai Akiyama em Sab Nov 19, 2011 6:19 pm

Pokémon
The Ultimate Journey
Capitulo 7: Uma rivalidade pré-histórica!


Anteriormente em Pokémon UTJ...
Davi desafiou o líder de ginásio, Roark, para uma batalha! Depois de uma surpreendente derrota, Roark deu sua Badge para Dave. Agora, vamos ver como Tyson vai se sair...


-Então, está preparado?- perguntou Roark.
-Estou. Vamos arrebentar!- disse Tyson- Vai, Pyro!

Tyson liberou Pyro.

-Então está bem. Vá, Onix!- disse Roark, liberando seu Onix- Stealth Rock!

Onix lançou raios brancos pela boca, que se transformaram em rochas flutuantes.

-Pyro, use o Mach Punch!- ordenou Tyson.

O Monferno saiu correndo em uma incrível velocidade e acertou um soco no meio de Onix.

-Onix, contra-ataque com Rage!- exclamou Roark.

Onix atacou com sua cauda, jogando Pyro no chão.

-Continue!- disse Roark.

Onix atacou mais uma vez. Pyro começou a ser arremessado de um lado para outro pela cauda de Onix. Até que Onix atacou de um ângulo diferente e lançou Pyro contra uma pedra flutuante.

-Use as rochas para se movimentar!- exclamou Tyson.

Pyro subiu na rocha e foi pulando de uma a outra, até chegar em uma em cima de Onix.

-Mach Punch!

Pyro pulou da rocha e lançou se para baixo, acertando um soco no meio da cabeça de Onix.

-Cuidado, Onix!- exclamou Roark.
-Flame Wheel!- ordenou Tyson.

Pyro se envolveu numa roda de fogo e saiu rolando pelas costas de Onix, até chegar em sua cauda, que estava formando uma leve inclinação para o alto.

-Use a cauda para ir para cima e finalize com Mach Punch!- exclamou Tyson.

Pyro usou a cauda como uma rampa e parou o Flame Wheel no meio do ar e atacou com Mach Punch, nocauteando o primeiro Pokémon de Roark.

-Continue assim, Tyson!- gritou Davi, da arquibancada.
-Eeeeee!- exclamou Emily.
-Eeeeee?- estranhou Tyson.
-Falta de coisa pra falar.- explicou Emily.
-Ah, tá.- disse Tyson, e voltou a se concentrar na batalha- E então, Roark, vai mandar o quê?
-Cranidos!- disse ele, e mandou seu Pokémon mais forte.
-Então, que seja! Flame Wheel!- exclamou Tyson.

Pyro saiu rolando numa roda de fogo. Cranidos saiu correndo e usou um Headbutt. Os dois Pokémon se chocaram e recuaram.

-Use o Leer!- disse Tyson, e Pyro encarou Cranidos, diminuindo sua defesa.
-Diminuindo a defesa, é? Isso não vai funcionar se eu trocar!- disse Roark, e voltou Cranidos para a Pokéball- Vá, Geodude! Rollout!

O Geodude já saiu da Pokéball usando um Rollout, e acertou Pyro em cheio.

-Mach Punch, rápido!- exclamou Tyson.

Pyro acertou Geodude, que bateu numa rocha.

-Rock Throw!- ordenou Roark.

O Geodude jogou a rocha em Pyro, causando grande dano e nocauteando o Monferno.

-Essa não! Volte!- disse Tyson, voltando Pyro para a Pokéball- Ok, está na hora de ver se você é realmente bom! VÁ, Shieldon!

Tyson lançou seu Shieldon, que grunhiu e encarou Geodude.

-Tackle!- ordenou Tyson.

Shieldon lançou-se contra Geodude, que recuou.

-Ahm... Take Down!- disse Tyson.

Shieldon lançou Geodude para cima com a cabeça.

-Rock Throw!- exclamou Roark.

Geodude puxou uma pedra em pleno ar e jogou-a. Shieldon simplesmente deixou-a espatifar-se no seu rosto. Todos se surpreenderam com a defesa dele. Shieldon então usou Tackle e nocauteou Geodude.

-Volte, Geodude. Parece que vou ter que usar Cranidos de novo.- disse Roark, soltando Cranidos.
-Legal, agora a batalha vai ficar interessante.- disse Emily.
-É. Os dois Pokémon pré-históricos lutando.- concordou Davi.
-Take Down!- ordenaram Tyson e Roark.

Shieldon e Cranidos colidiram e recuaram. Por ordem de seus treinadores, os dois repetiram os ataques, colidindo de novo.

-Take Down!- exclamou Roark, e Cranidos lançou Shieldon para cima.

Shieldon caiu na frente de uma rocha.

-Headbutt!- exclamou Roark.
-Shieldon, desvie!- gritou Tyson.

Shieldon esperou o ultimo momento e saltou para o lado, fazendo Cranidos colidir contra a rocha e ser enterrado pelos destroços, nocauteado!

-Consegui! É isso aí, Shieldon!- exclamou Tyson, comemorando.

Shieldon foi correndo até seu dono e subiu na sua cabeça, mordendo-o.

-Ai! Eeeeeee! Ai!- disse Tyson, tentando tirar Shieldon de sua cabeça.
-Parabéns, Tyson!- disse Emily.
-Estamos empatados, agora!- disse Davi.

Tyson conseguiu tirar Shieldon da cabeça e voltar ele para a Pokéball.

-Não por muito tempo. Próxima parada, Eterna!- exclamou Tyson.
-Não estão esquecendo de nada, não?- perguntou Emily, cruzando os braços.
-Ahm, não.- disse Tyson.
-Nada que envolva a meta dos outros?- insistiu Emily, revirando os olhos.
-Ah, sim. Você tem que capturar os Pokémon locais?- perguntou Davi.
-Aleluia.- disse Emily, e saiu do ginásio.

Tyson coçou a cabeça.

-Será que você disse alguma coisa errada?- perguntou Tyson.
-Sabe, acho que a Emily tem razão quanto te chama de tonto.- disse Davi, saindo do ginásio também.

Tyson pegou sua insígnia.

-Espereeeeem!- gritou Tyson, saindo correndo do ginásio.

Roark ajeitou o capacete.

-Parecem Lukas, Barry e Dawn.- comentou ele- Autor, coloca um TO BE CONTINUED...

CONTINUA...

-Mwahahaha!- riu Tyson, do lado de fora.

avatar
Kai Akiyama
Treinador Iniciante
Treinador Iniciante

Mensagens : 53
Data de inscrição : 29/09/2011
Idade : 21
Localização : Forks

Ficha do personagem
minha equipe minha equipe:
mochila mochila:
TMs e HMs TMs e HMs:

Voltar ao Topo Ir em baixo

capiturado Re: Pokemon-The Ultimate Journey

Mensagem por Willian Brown em Sab Nov 19, 2011 7:02 pm

Sem palavras ta demais
avatar
Willian Brown
Treinador Iniciante
Treinador Iniciante

Mensagens : 52
Data de inscrição : 04/11/2011
Localização : em algum luga por ai O-O

Ficha do personagem
minha equipe minha equipe:
mochila mochila:
TMs e HMs TMs e HMs:

Voltar ao Topo Ir em baixo

capiturado Re: Pokemon-The Ultimate Journey

Mensagem por Kai Akiyama em Sab Nov 19, 2011 7:25 pm

Pokémon
The Ultimate Journey
Capitulo 8: Monte o Ponyta!


Anteriormente em Pokémon UTJ...
Tyson teve sua grande batalha contra Roark. Depois de uma demonstração da força do seu novo Shieldon, Tyson ganhou sua primeira Badge. Agora, voltando aos nossos heróis...


Emily enviou o resto dos Pokémon pelo PC e desligou-o.

-Pronto. Mandei todos, menos o Twist, é claro.- disse Emily.

Ela pegou sua Pokédex e checou o número de Pokémon.

-Agora só faltam cento e noventa e poucos.- resmungou ela.

Emily ouviu um estrondo do lado de fora.

-Arceus!- exclamou ela, e saiu para ver o que havia acontecido.

Davi e Tyson batalhavam na frente do Pokécenter.

-Zubat, Wing Attack mais uma vez!- ordenou Davi.

As asas de Zubat brilharam e ele acertou Shieldon com força total, nocauteando-o.

-Isso, venci!- exclamou Davi.
-Melhor de dez!- sugeriu Tyson.
-Pode vir com tudo!- disse Davi.
-Meninos, esperem!- exclamou Emily.
-Que foi?!- perguntaram Davi e Tyson.
-Já são sete horas. Bem que podiam dar um descanso pros Pokémon, né?- sugeriu Emily.

Shieldon emitiu um som que soou como um “Por favoooor, não agüento mais levar Wing Attack...”.

-‘Tá bom!- resmungou Davi, voltando Zubat para a Pokéball.
-Por mim tudo bem.- concordou Tyson, voltando Shieldon também- Hum... Cheiro de sanduiche com recheio de mel...

Tyson entrou no Pokécenter, seguindo o cheiro de mel. Davi e Emily deram de ombros e o seguiram.

-Hum, muito bom.- comentou Tyson, mordendo um sanduiche.

Davi olhou bem para o sanduiche.

-Tem uma coisa no meio dele que não é mel.- comentou Davi.
-É uma casca de banana. Deve ter ficado quando tirei o sanduiche do lixo.- disse Tyson, como se fosse a coisa mais natural do mundo.

Emily saiu correndo para o banheiro e todos ouviram ela vomitando.

-Acho que ela achou nojento.- disse Davi.
-Que fresca.- disse Tyson, dando mais uma mordida.


Mais tarde, as onze horas da noite, Emily escovou os dentes pela quinta vez seguida.

-Blaargh, que nojo.- disse ela, entrando no quarto do Pokécenter que haviam alugado.
-Ah, nem era nojento.- disse Tyson, entediado.
-Tyson, eu acho que comer uma casca de banana do lixo junto com mel é bem nojento.- comentou Davi, deitado na cama de baixo do beliche.
-Ah, vocês são muito frescos.- disse Tyson, pulando para a cama de cima.

Emily fez uma careta para Tyson e se atirou na cama do outro lado e apagou a luz.

-Sonhem comigo!- brincou Tyson.
-Não quero ter pesadelos.- rejeitou Emily.
-Vou chorar o resto da noite pensando nesse comentário.- comentou Tyson.


Emily olhou pela janela que ficava ao lado de sua cama. Pensou um pouco. “ Três dias até agora. Nenhum imprevisto. Até que está sendo legal. Foi bem diferente do que eu imaginei que seria... Davi e Tyson são divertidos, bom parceiros. Menos quando um deles comeu uma casca de banana do lixo. Blaargh.”

-Hahaha, foi hilário, né?- comentou Tyson.
-Volta a dormir, seu tonto!- exclamou Emily, jogando uma almofada do chão nele.
-Violenta.- disse ele, e voltou a dormir.

Emily olhou pela janela de novo.

-Ahm...?

Ela forçou os olhos para ver melhor. Havia uma luz bruxuleante. Parecia fogo. Alguma coisa estava pegando fogo!
Emily olhou para a Pokéball de Twist e saiu correndo do quarto.


Emily encontrou uma Ponyta machucada em plena Rota 207. Havia vários arranhões pelo seu corpo, como se alguém houvesse chicoteado ela.

-O que esse Pokémon está fazendo a essa hora da noite?- perguntou-se Emily, examinando os machucados da Ponyta.

Emily tirou uma Potion do bolso do pijama. Quando foi apertar o Spray, uma voz ameaçadora disse:

-Nem ouse tocar nesse Pokémon!

Emily olhou para o dono da voz. Um homem de aparentemente trinta anos, com chapéu e luvas de couro tirou uma Pokéball do cinto.

-Saia de perto do meu Pokémon!- exclamou ele.

Emily desconfiou. Pegou sua Pokédex e examinou o Pokémon.

-Esse Pokémon não é seu. A Pokédex diz que nenhum treinador capturou essa Ponyta.- disse Emily.
-Ela é minha por direito! Peguei ela numa armadilha, é minha!- exclamou o homem.
-Você que machucou ela?!- perguntou Emily, se enfurecendo- Os Pokémon não devem ser tratados assim!
-Não me diga como tratar meus Pokémon.- disse o homem, soltando um Machoke da Pokéball.

Emily soltou Twist da Pokéball.

-Machoke, Vital Throw!- ordenou o desconhecido.

Machoke agarrou o braço de Twist e jogou, pulou e jogou-o no chão.

-Twist, use o Peck!- exclamou Emily.

O bico de Twist brilhou e ele acertou Machoke em pleno ar. Apesar de ser forte contra o tipo de Machoke, o golpe pareceu não causar efeito algum.

-Acha que vai me derrotar com um Pokémon desses?- perguntou o desconhecido- Pois ninguém derrota Harrison, o maior ladrão de Sinnoh!
-Twist, use o Peck!- repetiu Emily.
-Karate Chop!- ordenou Harrison.

Machoke foi mais rápido e atacou Twist com a mão aberta. Twist caiu no chão, nocauteado.

-Não pode ser!- exclamou Emily, voltando Twist para a Pokéball rapidamente.
-Agora, saia da minha frente!- ordenou Harrison, voltando Machoke para a Pokéball.
-Não! Deixe essa Ponyta em paz!- exclamou Emily, se pondo a frente de Ponyta.
-Garota, não me faça chamar Machoke de novo!- pediu Harrison, avançando.

Ponyta olhou para Emily. Depois olhou para Harrison com raiva. Lançou um Ember na frente de Harrison, formando uma parede de fogo.

-Maldito Ponyta!

Emily usou a Potion em Ponyta, revitalizando ela. Harrison atravessou as chamas. Ponyta ofereceu montaria para Emily.

-Só se for agora!- exclamou Emily, e montou em Ponyta.
-Volte aqui!- gritou Harrison, soltando um Rhyhorn e montando nele- Atrás dela!

Os dois começaram uma perseguição pela cidade de Oreburgh.

-Rock Blast!- exclamou Harrison.

Rhyhorn lançou pedras pela boca. Ponyta desviou delas, mas uma passou de raspão, dificultando a corrida. Rhyhorn foi chegando mais perto, junto com Harrison em suas costas.

-Zubat, Wing Attack!- gritou alguém.

Um Zubat acertou Harrison com as asas brilhando. Davi e Tyson chegaram correndo.

-Pyro, acerte aquele Rhyhorn com Mach Punch!- ordenou Tyson.

Pyro pulou do ombro de Tyson e acertou um soco veloz em Rhyhorn, que caiu sem saber o que fazer. Ponyta parou e Emily desceu.

-Emily, você está bem?- perguntou Davi.
-Agora sim. Obrigada!- respondeu ela.
-Agradece a casca de banana que eu comi.- pediu Tyson.
-Tyson teve dor de barriga e foi no banheiro no meio da noite. Quando voltou pro quarto percebeu você fugindo de um homem numa Ponyta. Salve a casca de banana!- disse Davi.
-Salve a casca de banana!- repetiu Emily.
-Me tirem daqui! Crianças malditas!- gritou Harrison.
-Ahm, acho que nós vamos ter que chamar a policia.- disse Davi.
-Já vou!- disse Tyson, saindo correndo até o Pokécenter.

Davi e Emily ficaram em silencio. Ponyta gemeu.

-Oh, Ponyta!- disse Emily, se lembrando da Ponyta- Ela se machucou com o Rock Blast! Você tem alguma Potion? As minhas acabaram!
-Nenhuma.- respondeu Davi.
-Então, ahm... Pokéball, GO!- exclamou Emily, capturando Ponyta com uma Pokéball- Vou levá-la ao Pokécenter pra se recuperar! Você cuida do Harrison!

Emily saiu correndo para o Pokécenter. Harrison começou a azarar Davi. Zubat pousou no ombro de Davi e emitiu um guincho como se estive falando “Haha, se deu mal!”.

-Criança enxerida, vá cuidar do seu nariz!- xingou Harrison.
-Ah, cala a boca!- exclamou Davi.


No dia seguinte, Harrison já havia sido transferido para a prisão de Jubilife. Emily foi para fora do Pokécenter.

-Vá, Ponyta!- disse Emily, libertando Ponyta. Mas, em vez de ela sair como luz vermelha, saiu azul. Estava livre de novo.

Ponyta não se mexeu.

-Vá viver a vida que merece. Uma vida livre. Cuide-se.- disse Emily, mas Ponyta permaneceu imóvel- Vá.

Ponyta esfregou o rosto no braço de Emily.

-Você não quer ir embora, não é?- perguntou Emily, e Ponyta fez que sim com a cabeça- Você pode ter uma vida livre. Harrison te maltratou. Não tem medo que seja tratada mal de novo?

Ponyta fez que não.

-Então, eu tenho uma proposta.- disse Emily- Você fica comigo por algum tempo. Então, você escolhe se quer ficar comigo ou não. O que acha?

Ponyta emitiu um relincho animado.

-Então está bem.- disse Emily, e capturou Ponyta de volta- Espero que goste.

Emily entrou no Pokécenter de novo. Roark passou limpando as lágrimas nos olhos.

-Tão emocionante.- disse ele, com a voz chorosa- Autor, coloca um CONTINUA...

TO BE CONTINUED...
avatar
Kai Akiyama
Treinador Iniciante
Treinador Iniciante

Mensagens : 53
Data de inscrição : 29/09/2011
Idade : 21
Localização : Forks

Ficha do personagem
minha equipe minha equipe:
mochila mochila:
TMs e HMs TMs e HMs:

Voltar ao Topo Ir em baixo

capiturado Re: Pokemon-The Ultimate Journey

Mensagem por Kai Akiyama em Sab Nov 19, 2011 8:30 pm

Pokémon
The Ultimate Journey
Capitulo 9: A garra de Twist!


Anteriormente em Pokémon UTJ...
Emily, depois de vomitar ao ver Tyson comer uma casaca de banana, salva uma Ponyta de um poderoso bandido. Depois de uma emocionante cena, a Ponyta fica com Emily. Parando com isso, vamos ver como estão nossos heróis...


-Então, a policia manda um aviso para todos os treinadores: NÃO ENTREM NA RAVAGEDH PATH, OS POKÉMON ESTÃO COM RAIVA!!! Agora, vamos voltar a nossa observação de Psyducks...

Tyson mudou a função da Pokétech.

-Hoje em dia a Sinnoh Now não passa nada que preste...- comentou ele.
-Hum, verdade...- concordou Davi.
-É. Quem gosta de observar Psyducks?- perguntou Emily.
-Não sei. Outros Psyducks?- disse Davi.
-Na próxima vez que nós passarmos em Jubilife, vamos falar com a Jubilife TV sobre isso.- disse Tyson.
-É.- disseram Davi e Emily.

Os três seguiram mais pela rota 204, em direção a uma caverna. Vários Pokémon passavam pelas árvores, como Starly, Kricketots, Ralts e Budews.

-Sabem, eu vou capturar uma Ralts.- disse Tyson.
-Por quê?- perguntou Emily.
-Porque eu só tenho dois Pokémon, e Pyro e Shieldon são bons fisicamente. Quando a Ralts evoluir para Gardevoir, vou ter um Pokémon em ataque especial.- explicou Tyson.
-Então, vá em frente!- disse Davi, e se distanciou.
-Vá, Shieldon!- chamou Tyson, soltando Shieldon, que saltou em sua cabeça- Calma, sai da cabeça, eu preciso dela junto com o meu corpo pra viver!

Shieldon pulou da cabeça de Tyson.

- Take Down!- exclamou Tyson.

Shieldon correu até uma Ralts e lançou a no ar com a cabeça. Irritada, Ralts usou Confusion para descer e cerrou os dentes. Shieldon começou a brilhar e ficar mais bonito.

-O Shieldon aprendeu Attract.- disse Davi- Estranho.
-Não é estranho, é muito fofinho.- disse Emily, admirada.
-O ataque Attract deixa o oponente apaixonado temporariamente, mas só se for do sexo diferente do usuário. Acho que funciona com humanos também, pelo estado da Emily.- disse Davi.

Ralts olhou bem para Shieldon. Chegou perto.

-Oh, ela vai beijar ele. Romance Pokémon!- disse Emily, sem conseguir piscar de tanta emoção.

Ralts fechou os olhos. E então gritou e deu um tapão em Shieldon, que saiu voando três metros.

-Opa, acho que Shieldon não é tão bonito.- disse Tyson, constrangido.
-O pobrezinho deve estar com o coração partido.- disse Emily.

Shieldon ficou com raiva e começou a usar vários Tackles em Ralts, que caiu no chão.

-O poder de um coração partido.- disse Davi, surpreendido.
-Pokéball, GO!- exclamou Tyson, e jogou uma Pokéball em Ralts.

Depois de alguns instantes, a esfera emitiu faiscando, sinalizando sucesso na captura. Tyson liberou Ralts, e Emily chegou seus dados com a Pokédex.

-É macho.- disse ela.
-Haha, muito engraçado. Eu não vou cair nessa, Emily.- disse Tyson, e voltou Ralts e Shieldon para as Pokéballs.
-Então tá, como você quiser.- disse Emily, guardando a Pokédex no bolso- Vamos logo para a Ravaged Path!

Os três andaram mais um pouco e entraram numa caverna.

-Ravaged Path, a caverna que separa Jubilife de Floaroma.- declarou Tyson. Olhou para o teto e encostou no queixo, como se tentasse se lembrar de alguma coisa- Tenho um pressentimento ruim, como se soubesse que aqui é perigoso.
-Já disse, é sua imaginação, cara.- disse Davi- O que pode acontecer de tão ruim?

Psyducks saíram de trás de pedras.

-Olhem, Psyducks!-disse Davi.
-É uma boa oportunidade pra mim, ainda não tenho os dados completos de Psyducks.- disse Emily.
-ME LEMBREI!- gritou Tyson- Precisamos sair daqui, agora!
-Por quê?- perguntaram Davi e Emily.

Os Psyducks fizeram caras de raiva e lançaram Davi e Tyson num laguinho da caverna com Water Guns.

-Por isso!- disse Tyson- Eu ouvi na Sinnoh Now, um vírus está afetando os Psyducks da caverna, tornando-os extremamente agressivos!
-Droga! Emily, cuidado!- avisou Davi, enquanto os Psyducks tentavam acertar Emily com Water Guns e Scratchs.
-Aaaaah, acudam!- gritou Emily, fugindo dos Psyducks.
-‘Calmaí, vou soltar o Leafy e... Espera, cadê as minhas Pokéballs?- disse Davi, colocando a mão no bolso- Minhas Pokéballs caíram em algum lugar do lago!
-Espera, as minhas também!- exclamou Tyson.
- Quando tiverem boas noticias, podem falar, ok?- disse Emily, abaixando a cabeça para evitar um Water Gun.
-Vamos procurar nossos Pokémon, espere aí!- gritou Davi.

Davi e Tyson mergulharam.

-É fácil falar.- disse Emily- Chega de correr, tá na hora da ação! Vai, Twist! Peck!

Emily lançou a Pokéball no ar, e Twist já saiu acertando cinco Psyducks com o bico.

-Isso! Agora, Bubble!- ordenou Emily.

Twist pousou e soltou pequenas bolhas pelo bico, acertando os Psyducks, que não sentiram muitos danos. Um deles atirou Twist contra a parede com Confusion. Os outros começaram a lançarem Water Guns nele, prensando-o contra a parede da caverna.

-Essa não!- exclamou Emily.

Twist começou a brilhar e tomar outra forma. Ele cresceu e duas cristas amarelas surgiram em sua cabeça. Quatro círculos brancos apareceram em sua barriga. Enquanto suas patas ficaram amarelas, a força de suas barbatanas cresceu. Twist havia evoluído para um Prinplup.

-É isso aí! Arrebenta com eles, Twist!- exclamou Emily.

Motivado pela treinadora, Twist levantou as barbatanas, que brilharam em um tom metálico. Twist se livrou dos Water Guns e acertou metade dos Psyducks, nocauteando-os.

-É o golpe Metal Claw.- disse Emily.

O restante dos Psyducks começaram a jogar Water Guns em Twist, que se envolveu numa aura branca. Depois de alguns instantes, Twist investiu sobre os Psyducks, brilhando.

-Bide... O usuário do golpe absorve o dano dos ataques recebidos por algum tempo e depois devolve o dobro do dano.- disse Emily, surpresa.

Davi emergiu, levantando uma Pokéball.

-Consegui! Achei o Leafy!- gritou ele, vitorioso.

Davi olhou para os Psyducks caídos no chão, depois para Twist e depois para Emily.

-Ahm... Vou procurar o resto dos Pokémon.- disse ele, e mergulhou de novo.


Tyson balançou a cabeça, respingando água em Davi e Emily.

-Para, Tyson, para!- pediu Davi.

Tyson parou.

-Isso não foi legal!- reclamou Emily.
-Ué, é assim que os Poochyenas fazem para se secarem.- disse Tyson.
-Você é maluco.- disse Emily.
-Sou.- confirmou Tyson.

Tyson se sacudiu mais um pouco.

-Pra fora dessa caverna maldita!- exclamou ele.

Davi, Tyson e Emily andaram um pouco e saíram da caverna.

-Ar puro!- comemorou Davi.
-É, ar puro.- concordou Emily.
-E cheiro de mel.- disse Tyson, e saiu correndo na direção do cheiro.
-Espera!- gritou Davi, e seguiu o amigo.
-Enquanto eu saio correndo atrás deles, você coloca um TO BE CONTINUED, autor...- disse Emily.

CONTINUA...

-Começo a saber como Tyson se sente.- disse Emily, pensativa.
avatar
Kai Akiyama
Treinador Iniciante
Treinador Iniciante

Mensagens : 53
Data de inscrição : 29/09/2011
Idade : 21
Localização : Forks

Ficha do personagem
minha equipe minha equipe:
mochila mochila:
TMs e HMs TMs e HMs:

Voltar ao Topo Ir em baixo

capiturado Re: Pokemon-The Ultimate Journey

Mensagem por Yuuto Ayule em Sab Nov 19, 2011 10:00 pm

Lgl^^
Se puder me coloca na fic ai
Nome:Jack
Idade:12
Pokemons:Umbreon,Enpoleon ou Swampert,Infernape ou Blaziken,Torterra ou Sceptile , Staraptor , Luxio
avatar
Yuuto Ayule
Treinador Iniciante
Treinador Iniciante

Mensagens : 59
Data de inscrição : 04/10/2011
Idade : 21
Localização : Em Sinnoh Com Meu Pikachu ¬¬

Ficha do personagem
minha equipe minha equipe:
mochila mochila:
TMs e HMs TMs e HMs:

Voltar ao Topo Ir em baixo

capiturado Re: Pokemon-The Ultimate Journey

Mensagem por Kai Akiyama em Seg Nov 21, 2011 4:48 pm

Galera desculpa pelo plagio mas descobrir um jeito de me desculpar com vcs e com o autor,O motivo do plagio foi por pura preguiça XD,mas ai vai como me desculpar:

1° vou trazer a ficha do autor:
esse cara é phoda fez 90 epi de fanfics apresento a vcs Zeroan0
Data de nascimento:05/02/1999
Idade: 12 anos
Pokemon favorito:Gliscor
frase de perfil:Nothing to do here

2° maneira: a partir de hoje estarei trazendo fanfic de outros forum,mas colocando a ficha do autor,estarei contando a historia aqui no forum.

Mais uma vez me desculpem pelo plagio

VC encontra aki o perfil de zeroan0
http://www.pokemonmythology.org/u471
avatar
Kai Akiyama
Treinador Iniciante
Treinador Iniciante

Mensagens : 53
Data de inscrição : 29/09/2011
Idade : 21
Localização : Forks

Ficha do personagem
minha equipe minha equipe:
mochila mochila:
TMs e HMs TMs e HMs:

Voltar ao Topo Ir em baixo

capiturado Re: Pokemon-The Ultimate Journey

Mensagem por Willian Brown em Seg Nov 21, 2011 5:46 pm

eu tinha bloqueado o topic mais liberei Very Happy
avatar
Willian Brown
Treinador Iniciante
Treinador Iniciante

Mensagens : 52
Data de inscrição : 04/11/2011
Localização : em algum luga por ai O-O

Ficha do personagem
minha equipe minha equipe:
mochila mochila:
TMs e HMs TMs e HMs:

Voltar ao Topo Ir em baixo

capiturado Re: Pokemon-The Ultimate Journey

Mensagem por Kai Akiyama em Ter Nov 22, 2011 8:59 am

Pokémon
The Ultimate Journey
Capitulo 10: Shiny, eu escolho você!


Anteriormente em Pokémon UTJ...
Davi, Tyson e Emily foram atacados por Psyducks problemáticos na Ravaged Path. Após evoluir e aprender dois golpes novos, Twist conseguiu salvar a todos. Agora, Tyson está correndo atrás de mel e Davi e Emily estão o seguindo como loucos...


-Mel! Sinto cheiro de mel!- gritou Tyson, correndo.
-Espera!- gritaram Davi e Emily, seguindo-o.

Logos, Tyson atravessava o arco da entrada para Floaroma e parava numa banca.

-Isso é mel?!- perguntou ele, apontando para um pote.
-É. Custa 5 Poké.- disse a dona da banca.
-Vendido!- exclamou Tyson, e jogou uma nota de dinheiro para a moça.

Davi e Emily encontraram Tyson devorando um monte de mel.

-Ah... meu... Arceus...- disse Davi.
-Acho... que... perdi... alguns... quilinhos...- disse Emily.
-Eu vou engordar bastante.- disse Tyson, e colocou mais um bocado de mel na boca- Querem um pouco?
-Não, obrigado.- disse Davi, e caiu no chão.
-Talvez outra hora.- disse Emily, e também caiu no chão.
-Que bom, sobra mais pra mim.- disse Tyson.

Passou se alguns minutos e Tyson ainda não havia terminado o mel.

-Ei, soube do Pokémon Shiny que vem rodeando a cidade?- perguntou um treinador para outro.
-Shiny? Qual Pokémon?- perguntou o outro treinador.
-Um Electrike. Ele vem chamando a atenção dos moradores por sua cor diferente.- comentou o outro.
-Legal.

Davi e Emily levantaram-se. “Electrike? Seria uma boa adição do meu time!” pensou Davi, enquanto Emily pensou: “Shiny? Um dos três sonhos de todo criador Pokémon, além de chocar um ovo e capturar todos os Pokémon?”.

-Acho que vou capturar esse Electrike.- disseram os dois.

Os dois se olharam.

-Isso vai ser um problema.- disse Davi.
-É, só tem um jeito de decidir isso.- disse Emily.

Tyson engoliu uma porção de mel.

-Isso vai ser interessante.- comentou ele, lambendo os dedos.


Davi e Emily se puseram em posição de batalha na Rota 205. As flores em volta voavam com o vento e uma ponte o rio do outro lado. Tyson sentou no chão, ainda comendo mel.

-Ok, vai ser uma batalha 1 contra 1, tudo bem?- perguntou Davi.
-Claro.- disse Emily.
-Ok... Tyson! Tyson!- chamou Davi.
-Ahm? Ah, sim. Que comece a batalha!- exclamou ele, com a boca melada.

Davi liberou Psyduck e Emily liberou Ponyta.

-Isso! Vantagem!- comemorou Davi- Water Gun!

Psyduck lançou um jato d’água do bico, causando sérios danos em Ponyta.

-Ponyta, aquente firme e use Tackle!- exclamou Emily.
-Psyduck, Disable!- ordenou Davi.

Ponyta saiu correndo na direção de Psyduck, que fechou um olho. O outro olho emitiu um brilho azulado e Ponyta parou de correr.

-Disable deixa o oponente incapaz de usar o ultimo golpe por algum tempo.- explicou Davi- Psyduck, Scratch!

Psyduck tentou arranhar Ponyta, mas ela pulou.

-Stomp!- exclamou Emily.

Ponyta acertou Psyduck com o casco, jogando-o longe.

-Exato!- disse Emily.
-Psyduck... Water Gun!- ordenou novamente Davi.

Psyduck acertou Ponyta mais uma vez. Ponyta vacilou um pouco. Tyson agora comia sem tirar os olhos da batalha. Uma Beautifly veio comer o mel.

-Ora, ora, amiguinha. Quer comer mel também?- perguntou Tyson, e ofereceu um bocado de mel.

Ponyta apoiou-se novamente.

-Ponyta, use o Ember!
-Psyduck, use o Water Gun!

Os dois ataques colidiram e formaram uma névoa.

-Psyduck, Scratch!- exclamou Davi.
-Ponyta, Tackle!- exclamou Emily.

Psyduck pulou no meio da névoa. Ponyta ficou parada, devido ao Disable, e caiu depois de um dano direto, nocauteada.

-Ueba, venci!- comemorou Davi.
-Ponyta, volte! Parabéns, Davi. Meu sonho fica pra depois.- disse Emily, chateada.
-Err.. Só uma coisa: como achamos o Electrike?- perguntou Davi.

Os dois olharam para Tyson, comendo mel junto com os Pokémon.

-Mel.- disse Emily.
-Muuuuuito mel.- completou Davi.


Meia hora depois, Davi corria como um louco, balançando as mãos cheias de mel.

-Electrike bonzinho! Vem aqui!- chamou ele.

Passou-se alguns minutos e um Electrike pulou em cima de Davi.

-Eita!- exclamou ele, e jogou o mel para o Pokémon- Vai, Leafy!

Davi liberou Leafy, e Electrike parou de comer o mel e encarou-o. Em vez de ser verde como qualquer outro Electrike, esse era azul com uma listra amarela.

-Razor Leaf!- ordenou Davi.

Leafy jogou folhas em Electrike, que correu envolto de eletricidade, desviando algumas folhas.

-É o golpe Spark, do tipo elétrico...- disse Davi- Withdraw!

Electrike colidiu com Leafy enquanto ele se envolvia em uma luz azulada. O Electrike saiu rolando, até bater numa árvore.

-Tackle!- exclamou Davi.

Electrike foi mais rápido e acertou Leafy com velocidade, usando o ataque Quick Attack. Leafy reagiu rápido e lançou um Razor Leaf enquanto girava para trás.

-Acho que já é o suficiente... Pokéball, GO!

Davi jogou uma Pokéball em Electrike, que depois de alguns segundos emitiu o sinal de sucesso.

-Yeah, consegui!- comemorou Davi.


-Eu consegui!- gritou Davi.
-Eba, você conseguiu.- disse Emily, desanimada.
-Eba, devolve o meu mel.- pediu Tyson.

Davi se afastou alguns metros e disse:

-Eu comi tudo na volta.
-VOCÊ O QUÊ?- berrou Tyson, e saiu correndo para matar o amigo.
-Aaaaah, salve-se quem puder!- gritou Davi, e fugiu pela ponte.
-E lá vão os dois de novo. Autor, um CONTINUA...por favor.- disse Emily.

TO BE CONTINUED...

-É contagioso!- exclamou Emily, surpresa.
avatar
Kai Akiyama
Treinador Iniciante
Treinador Iniciante

Mensagens : 53
Data de inscrição : 29/09/2011
Idade : 21
Localização : Forks

Ficha do personagem
minha equipe minha equipe:
mochila mochila:
TMs e HMs TMs e HMs:

Voltar ao Topo Ir em baixo

capiturado Re: Pokemon-The Ultimate Journey

Mensagem por Kai Akiyama em Ter Nov 22, 2011 9:00 am

Pokémon
The Ultimate Journey
Capitulo 11: Ação! Emoção! E... Perdidos na floresta?


Anteriormente em Pokémon UTJ...
Davi e Emily travaram uma batalha para ver quem ficava com um Electrike Shiny. Após Davi vencer e Tyson se lambuzar todo com mel, Electrike virou o mais novo membro da equipe de Davi. Agora, voltando aos heróis...


- Ei, gente!- chamou Tyson- Esse mapa ‘tá todo errado, poxa!

Davi virou o mapa que estava nas mãos de Tyson.

-‘Tava virado ao contrario. Dããã.- explicou Davi.
-Eu sabia. Só ‘tava testando vocês.- disfarçou Tyson.
-Ok, então. Pra onde nós temos que ir?- perguntou Davi.

Tyson olhou um pouco para o mapa, pensando.

-Não sei.- declarou Tyson, e fechou o mapa.
-Seu tonto.- provocou Emily.

Isso mesmo que você está pensando, leitor. Os três se perderam na Eterna Forest, no caminho da cidade de Eterna. Se deram mal!

-Hum, que autor mais...

Tyson foi interrompido por vários Murkrows, que começaram a voar ao redor dos três.

-‘Quié isso?! ‘Quié isso?!”- perguntou Emily.
-Eu não sei!- exclamou Davi.
-Ah, animais!- exclamou Tyson.
-FUGAM PARA AS COLINAS!- gritaram os três, e partiram correndo em direções diferentes.


-Whoa! Essa foi por perto.- disse Davi, parando para descansar- ‘Tá todo mundo bem, pessoal?

Ninguém respondeu.

-Ahm, pessoal?

Davi olhou para os lados e percebeu que estava sozinho.

-Droga!


Emily correu até uma casa e entrou nela, fechando a porta atrás de si.

-Ufa. Sã e salva.- disse ela, arfando.

Emily olhou para a sala em que estava. Havia alguns vasos com plantas nos cantos e duas escadas levando até um andar superior.

-Hum, já ouvi sobre lugar alguma fez antes...- disse ela, enquanto andava até o centro da sala- ‘Pe-Perá aí! Eu sei que lugar é esse!

Emily se virou para correr até a porta, mas se deparou com uma esfera de gás flutuante sorrindo maldosamente para ela.

-O-Old Cha-Chateau da E-Eterna Forest!- gaguejou ela, e saiu correndo- Salvem-se quem puder!



-Parem de me perseguir!- gritou Tyson, enquanto fugia dos Murkrows.

Os Murkrows grasnaram e aumentaram a velocidade.

-Ah, eu sabia que não devia ter roubado aquela balinha de menta quando tinha 8 anos!- resmungou Tyson, parando e virando-se de costas para uma árvore- Parem!!!

Os Murkrows pararam de persegui-lo.

-Eu não sei o que vocês querem, mas não vão arrancar nada de mim! Olha que eu luto Karate!- avisou ele, e fez uma pose de luta.

Um Murkrow gritou para ele, que pulou de susto.

-Ok, alternativa B. Vai, Pyro!- chamou Tyson, liberando Pyro da Pokéball- Flame Wheel!

O Monferno se envolveu em uma roda de fogo, que começou a rodar em direção dos Pokémon, nocauteando os mais fracos. Mas um grande Murkrow, que parecia ser o líder deles, segurou o ataque com um controlado Wing Attack.

-Então é assim? Você que pediu!- exclamou Tyson, enquanto Pyro pousava suavemente no chão- Mach Punch!

Pyro pulou com velocidade e acertou um soco, que foi rápido demais para o Murkrow defender. O chefe deu algumas voltas no ar e começou a emitir uma fraca luz negra, acertando Pyro em seguida.

-O ataque Pursuit... Vamos ter que acabar com isso rápido, Pyro! Fury Swipes!- ordenou Tyson.

Pyro correu até Murkrow, que estava descansando no chão, e acertou-o várias vezes com as garras.

-Pokéball, GO!- exclamou Tyson, jogando uma Pokéball, capturando seu quarto Pokémon com sucesso- Isso!

Os Murkrows se olharam sem saber o que fazer. Tyson notou-os e fez sinal com as mãos.

-Xô! Vão embora e vivam suas vidas!- mandou ele.

Os Murkrows saíram voando para lados diferentes.

-Agora, vamos ver como estão os outros.



-Zubat, use o Wing Attack!- exclamou Davi.

O Zubat de Davi sorriu e atacou um Cherubi com as asas brilhando. O Pokémon Clorofila caiu cansado.

-Pokéball, GO!- exclamou ele, e jogou uma Pokéball no Cherubi.

A esfera sinalizou sucesso em alguns segundos e Davi pegou-a e fez uma pose de vitorioso.

-Yeah!

Davi guardou a Pokéball no bolso e voltou a andar pela floresta. Sentiu um pingo de chuva no seu nariz e olhou para o céu.

-Ish... Nuvens cinzas igual a chuva. Chuva igual a Pokémon fracos. Pokémon fracos igual a Davi se ferrou.- disse ele, e correu até uma casa- Que Arceus esteja comigo.

O garoto andou um pouco em silencio e olhou ao redor da sala. Subiu uma escada em silencio. Chegou em frente a uma porta e achou estranho.

-Até agora tudo tranqüilo.- disse ele.
-AAAAAAAH, FOGE! FANTASMA, FANTASMA!- gritou Emily, saindo de uma porta do outro lado do corredor.

Emily correu mais um pouco até chegar na frente de uma porta.

-DAVI, CORRE!- gritou ela.
-Por quê?- perguntou Davi.
-Atrás de você! UM FANTASMA!- gritou Emily.

Davi se virou e olhou para baixo. Havia uma menininha de aparentemente 5 anos, sorrindo para ele.

-Não parece um fantasma.- disse Davi.
-Oi.- cumprimentou a garotinha, acenando- Meu nome é Raef.
-E meu nome é Davi.- disse ele, se agachando para ver a menina- Que nome legal você tem.
-Davi...- murmurou Emily- Cuidado!
-Ah, é só uma garotinha que deve ter se perdido em buscado abrigado aqui. Uma garotinha muito fofinha. Não fantasma.

Davi tentou bagunçar o cabelo dela, mas sua mão a atravessou até bater no chão.

-Epa. Isso não é normal.- disse Davi- Sabe, Raef, eu tenho que ir.

Davi se afastou lentamente. Raef ficou transparente e começou a levitar. Os seus olhos ficaram completamente pretos e ela mostrou um sorriso maldoso.

-Ninguém vai a lugar algum...- disse ela, macabramente.
-AAAAAAH!- gritaram Davi e Emily, e começaram a fugir.

Os dois correram até as escadas. Davi olhou para trás e avistou a menina macabra.

-A Raef ‘tá nos perseguindo!- avisou ele, enquanto pulava os degraus.
-Heloooooo, o nome dela não é Raef!- disse Emily, nervosa.
-Então é o quê?- perguntou Davi.
-Fear, Davi! O nome dela é Fear*!- exclamou Emily- Raef é Fear ao contrario!

Os dois pularam os últimos degraus e correram até a cozinha, despistando a fantasma.

-Que Phione mande um Lucky Chant até nós.- rezou Davi.
-Relaxa, ela nunca vai nos achar aqui!- disse Emily.

Davi apontou para a parede atrás de Emily. Um fantasma de mordomo com as mesma características macabras de Fear atravessava a parede.

-Pra saída!- disse Emily, e apontou para a porta.

Davi abriu a porta e Fear apareceu flutuando.

-Não foi uma idéia boa.- disse Davi, e bateu a porta, mas Fear simplesmente atravessou ela.

Davi e Emily se encostaram na parede, enquanto os fantasmas se aproximavam.

-Emily, tenho uma confissão a fazer.- disse Davi.
-Diga.- pediu Emily.
-... Estamos fritos.- declarou ele.
-Rorret não gosta de piadas fora de hora...- disse o fantasma do mordomo.
-Rorret? Terror ao contrario!- deduziu Davi.
-Bah, essa dedução salvou nossas peles.- disse Emily, nervosa.

Fear e Terror estenderam as mãos para agarrarem os dois. Mas, bem na hora, um estranho Pokémon fantasma emitindo faíscas desceu do teto, se pondo entre os fantasmas e as vitimas.

-Parem com isso, Fear e Terror!- ordenou o Pokémon, com uma voz robótica.

O estranho Pokémon soltou uma carga de eletricidade nos dois seres macabros, que desapareceram no ar.

-Fantasmas mal-educados!- xingou ele.

Davi e Emily se olharam surpresos.

-Rotom?- indagaram os dois.
-Eu mesmo. Mas podem me chamar de Motor também, se quiserem.- disse o Pokémon, feliz.
-Ahm, Rotom, o quê...- foi dizendo Davi.
-Quer saber por quê aqueles fantasmas assombram esse Chateau? Desculpe, não posso contar para crianças dessa idade como vocês. Não dormiriam para o resto da vida.- disse ele- Só posso dizer que eles vez causando bastante incomodo aqui. Toda vez que alguém entra aqui, eles apavoram todos.
-Ah, mas como você...
-Como eu falo? Há, eu sou um Pokémon incrível, queiram vocês acreditem ou não. Sabe, eu...- foi dizendo Rotom.

Fear e Terror apareceram de novo pela parede.

-Crianças, vão indo. Eu levo vocês!- exclamou Rotom.

Rotom levou Davi e Emily até a saída.

-Vão, crianças! Até algum dia!- se despediu ele.
-Adeus, senhor Motor!- se despediram Davi e Emily.
-Não contem pra ninguém sobre aqui!- pediu Rotom- E sejam fortes, superem qualquer desafio!
-Claro!- afirmou Emily.

Rotom fechou a porta e Davi e Emily ouviram som de choques.

-Caraca, isso foi estranho.- disse Davi.
-Se foi...- disse Emily.
-Vamos lá achar o Tyson!- sugeriu Davi.
-Vamos lá, o quanto mais longe desses fantasmas macabros, melhor.- disse Emily, tendo um calafrio.
-Ah, quase me esqueci.- disse Davi, e tirou uma Pokéball do bolso- Pra você!
-Aaaaaahm?- fez Emily.
-Pelo Electrike. Um Cherubi!- explicou Davi.
-Um Cherubi?! Oh, que fofo!- disse Emily, e abraçou Davi.

Tyson saiu do meio de um matagal, olhou para os dois e levantou a sobrancelha.

-Eu em, o que ‘tá rolando aqui?- estranhou ele, fazendo uma cara de deboche.
-Nada.- disse Davi, e começou a assobiar.
-Nadinha.- confirmou Emily.
-Não é isso que eu acho...
-Seu tonto!- provocou Emily e deu um tapão em Tyson, que caiu no chão.
-Violenta!- disse Tyson, no chão.
avatar
Kai Akiyama
Treinador Iniciante
Treinador Iniciante

Mensagens : 53
Data de inscrição : 29/09/2011
Idade : 21
Localização : Forks

Ficha do personagem
minha equipe minha equipe:
mochila mochila:
TMs e HMs TMs e HMs:

Voltar ao Topo Ir em baixo

capiturado Re: Pokemon-The Ultimate Journey

Mensagem por Kai Akiyama em Ter Nov 22, 2011 9:02 am

Pokémon
The Ultimate Journey
Capitulo 12: Batalha! O incrível treinador Pokémon aparece!


Anteriormente em Pokémon UTJ...
Davi, Tyson e Emily ficaram perdidos na Eterna Forest. Após Tyson ter capturado um forte Murkrow e Davi e Emily terem presenciado cenas assustadoras, os três conseguiram sair da floresta. No momento, se encontram no Pokécenter de Eterna...


-Magmortar, use o Flamethrower!- ordenou um treinador de chapéu na TV.

Seu Magmortar lançou uma rajada de chamas em um Abosmasnow, que caiu nocauteado.

-É isso mesmo, o famoso treinador Uperry derrotou a líder de ginásio Candice com somente quatro golpes e somente um Pokémon!- declarou a apresentadora, admirada.

-Ele é forte.- comentou Tyson.
-Ele é bonitão.- comentou Emily.
-Ele é Uperry!- exclamaram os dois.
-Ele é exibido e idiota.- disse Davi.

Tyson e Emily fizeram cara de chocados para ele.

-Como pode falar isso do grande Uperry?!- perguntou Tyson.
-Estou chocada, como um Torchic recém-nascido!- disse Emily.
-Ele coletou todas as insígnias de Kanto, Johto e Hoenn!- exclamou Tyson.
-E ele é bonitão!- acrescentou Emily.
-Mas ele é um exibido. Não viram a batalha dele contra Roark? Ele o humilhou em publico só porque venceu com um só Pokémon! E, por favor, é a sexcentésima vez que essa batalha passa na TV!- disse Davi.
-Ok, mas ele é bonitão!- disse Emily.
-Aaaaah!- gritou Davi, e saiu do Pokécenter.

Davi trombou com um garoto de aproximadamente 14 anos, usando um chapéu que escondia seus olhos.

-Ei, olha por onde anda!- exclamou Davi, zangado.

O garoto levantou o chapéu e disse:

-É, eu preciso mesmo comprar um chapéu novo.
-Aaaaah, é o Uperry!- exclamou Emily, e desmaiou.
-Oh, Arceus!- disse Tyson.
-É a mesma cidade, mesmas reações.- disse Uperry.
-Você precisa autografar minha...- disse Tyson, rasgando uma parte da sua camisa- Parte de camisa rasgada!
-Ahm, então está bem.- disse Uperry, e autografou a camisa rasgada.
-Você é meu ídolo!- disse Tyson, e começou a reverenciar Uperry.
-É, já estou acostumado com isso.- disse ele- Alguém percebeu que a garota desmaiou?
-Ah, que se dane!- disse Tyson.

Davi levantou Emily.

-Ah, ‘brigada.- murmurou ela, com olhos fechados.

Emily abriu os olhos.

-Aaaaah, é o Uperry!- gritou ela, e abraçou-o.
-Ahm, com isso eu não estou tããão acostumado.- disse Uperry.

Davi se encostou na parede, emburrado.

-Ei, o que ouve, garoto?- perguntou Uperry.
-Meu nome é Davi.- disse ele- E eu te desafio.

Tyson parou de reverenciá-lo. Emily desmaiou de novo. Uperry sorriu.

-Coitado.- disse ele.


-Vá, Electrike!- chamou Davi, liberando Electrike.
-Vá, Altaria!- chamou Uperry, liberando um pássaro azul, com asas cobertas de penas longas e grossa.
-Spark!- exclamou Davi.

Electrike se envolveu em uma carga de eletricidade e acertou Altaria, que pareceu não sofrer nenhum dano.

-Dragon Pulse!- ordenou calmamente Uperry.

Altaria abriu o bico e soprou uma raio roxo de energia em Electrike, que caiu em um golpe.

-Electrike!- exclamou Davi, sem acreditar, mas voltando o Pokémon para a Pokéball.
-Whoa, Uperry é mais fantástico ao vivo!- disse Tyson, assistindo a batalha.
-E mais bonitão.- acrescentou Emily.
-Acordou rápido, em?- disse Tyson.
-Ah, presta atenção na batalha!

Davi soltou Leafy.

-Razor Leaf.

Leafy soltou um monte de folhas em Altaria, que ignorou o golpe.

-Sky Attack!

Altaria começou a brilhar e deu um rasante em Leafy, que bateu numa árvore e caiu, nocauteado.

-Leafy...- disse Davi, voltando o Turtwig para a Pokéball.
-Não tem nada melhor, não?- perguntou Uperry.

Davi ficou em silencio e soltou Psyduck.

-Psyduck, Water Gun.

Psyduck lançou seu ataque aquático em Altaria.

-Steel Wing!

As asas de Altaria brilharam metalicamente e acertaram Psyduck, nocauteando-o. Uperry sorriu.

-Bom, acho que vou indo...- disse ele.
-Espere! Ainda tenho mais um Pokémon!- exclamou Davi, e soltou Zubat.
-Ah, não me faça perder tempo com esse Pokémon desprezível.- pediu Uperry.
-O quê?- perguntou Davi.

Emily ficou chocada.

-Ei, Zubat não é desprezível!- protestou ela.
-É!- apoiou Tyson- Se bem que ele vive nocauteando Shieldon com Wing Attacks...
-Tyson!
-Quer dizer... EI!- corrigiu-se Tyson.
-Wing Attack!- exclamou Davi.

Zubat acertou Altaria com as asas brilhando.

-Altaria, Sky Attack!- ordenou Uperry.

Altaria tentou acertar Zubat com o golpe, mas ele rapidamente desviou e acertou outro Wing Attack.

-De novo!- exclamou Davi.

As asas de Zubat começaram a brilhar, mas ele não se mexeu.

-Por que ele não se move?- perguntou Emily.

O brilho começou a envolver todo o corpo do Pokémon Morcego. Suas “pernas” criaram pés. Suas asas cresceram. Dois olhos surgiram em seu rosto.

-Ele evolui para Golbat!- exclamou Davi, feliz.

Golbat balançou uma asa e o ar pareceu formar uma pequena lamina, que acertou Altaria, nocauteando-a.

-Air Cutter! Ele aprendeu Air Cutter!- avisou Emily.

Uperry voltou sua Altaria para a Pokéball.

-Yes! Venci!- comemorou Davi.
-Epa, epa. Ainda tenho mais três Pokémon. Vá, Magmortar!- disse Uperry.

Um grande Pokémon gordo, com canhões no lugar das mãos e chamas nos ombros e cabeça saiu de uma Pokéball de Uperry.

-Ah. Que droga.- disse Davi, perdendo o sorriso.


A enfermeira Joy devolveu os Pokémon de Davi.

-Obrigado.- agradeceu ele.
-Levou uma baita derrota, em?- perguntou a Joy.
-Ah, vá falar com sua Chansey.- disse Davi.

Davi saiu e a Chansey ao lado de enfermeira começou a olhá-la.

-Nem pense.- disse a enfermeira Joy.

A Chansey emitiu um som que poderia ser traduzido como “Nós sempre somos maltratadas em FanFics, snif!”
avatar
Kai Akiyama
Treinador Iniciante
Treinador Iniciante

Mensagens : 53
Data de inscrição : 29/09/2011
Idade : 21
Localização : Forks

Ficha do personagem
minha equipe minha equipe:
mochila mochila:
TMs e HMs TMs e HMs:

Voltar ao Topo Ir em baixo

capiturado Re: Pokemon-The Ultimate Journey

Mensagem por Caio Akiyama em Ter Nov 22, 2011 10:17 am

boa fic!!!!!!!!
avatar
Caio Akiyama
Moderador
Moderador

Mensagens : 38
Data de inscrição : 13/09/2011

Ficha do personagem
minha equipe minha equipe:
mochila mochila:
TMs e HMs TMs e HMs:

Voltar ao Topo Ir em baixo

capiturado ^^

Mensagem por Ulisse Ayule em Qua Nov 23, 2011 12:29 am

Uau! Que exelente fan fic! Vejam a minha, no meu forum! Mas teêm que percebr o francês, claro! Very Happy

PS: Em cada capítulo, na minha fan fic, há uma imagem a caracteriza-los (os capítulos)! Vejam! E comentem! Very Happy
avatar
Ulisse Ayule
Treinador Iniciante
Treinador Iniciante

Mensagens : 70
Data de inscrição : 22/11/2011
Idade : 24
Localização : Região de Levart

Ficha do personagem
minha equipe minha equipe:
mochila mochila:
TMs e HMs TMs e HMs:

http://www.the-dead-hunters.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

capiturado Re: Pokemon-The Ultimate Journey

Mensagem por Kai Akiyama em Qua Nov 23, 2011 8:12 am

Pokémon
The Ultimate Journey
Capitulo 13: O presente de mão-em-mão!


Anteriormente em Pokémon UTJ...
Davi, Tyson e Emily conhecerem o grande treinador Uperry. Numa grande batalha, o Zubat de Davi evolui para Golbat depois de ser tido que era desprezível. Agora, vamos ver a situação...

-Olha, Jerry! O ovo ‘tá chocando!- avisou um treinador, segurando um ovo.
-Eba! Qual Pokémon será que vai nascer, Harry?- perguntou outro treinador.

Uma vespa saiu do ovo.

-Ah, qualé!- suspirou um.
-Um Yanma.- disse o outro decepcionado.

Davi, Tyson e Emily observavam ao longe.

-Eles reclamam de barriga cheia!- disse Emily- Ter um ovo Pokémon é um dos três sonhos de qualquer bom colecionador!
-Então não é um dos seus sonhos.- debochou Tyson.
-Seu tonto!- provocou Emily, e jogou-o no chão com um tapa.
-Violenta!- exclamou ele, do chão.
-Venham, vamos pro ginásio.- disse Davi, desanimado.

Emily estranhou. Tyson levantou e sussurrou:

-O que ouve com ele?
-Acho que ele ‘tá chateado com a derrota contra Uperry.- disse Emily.
-Com derrota, você quer dizer lavada que ele levou, né?- perguntou Tyson.
-Seu tonto!- provocou ela, e jogou o no chão de novo.
-Poxa, por que duas vezes em menos de quinhentas palavras?- perguntou Tyson.
-Foi mal, é força do hábito!- disse ela.


Davi, Tyson e Emily andaram pela rua do ginásio, que de um lado havia a estrada e do outro havia uma grande colina. Longe, encostados numa árvore, um homem e uma mulher observavam.

-O do meio parece desanimado.- disse o homem.
-Como você alguns anos atrás.- comentou a mulher.
-Hum, verdade... Ei, eu tive uma idéia!
-Ah, não vai fazer isso, vai?- perguntou a mulher, já prevendo uma burrada.
-Ah, vou sim. Vá, Staraptor!- chamou o homem, e um pássaro grande, cinza e branco, saiu de uma Pokéball- Acerte o garoto, por favor.
-Epa, é pior do que eu tinha pensado.- disse a mulher.

O Staraptor saiu voando e acertou Davi, que saiu rolando colina abaixo gritando.

-Nossa, um Staraptor acabou de acertar o Davi.- estranhou Emily.
-Grande coisa.- disse Tyson, e continuou andando.
-Ei, volta aqui!

O homem comemorou.

-Isso, eles nem ligaram que o menino saiu rolando colina abaixo!
-Como você sabia?- perguntou a mulher.
-Eu não sabia. Agora eu vou indo!- disse ele, e saiu em direção a colina.
-Boa sorte, Lukas. Tome cuidado.- desejou a mulher.
-Quando eu não tomei cuidado, Dawn?- perguntou Lukas.

Dawn pensou um pouco.

-Ahm, você quer mesmo que eu responda?- perguntou ela.


Davi parou de rolar ao bater numa árvore.

-Ai!

Davi colocou as mãos nas costas.

-Minhas costas...- disse ele- Mas que Staraptor maluco era aquele?
-Staraptor maluco, é?- perguntou um homem montado num Staraptor- Nenhum Pokémon é maluco por natureza, só se seu dono for.

Davi levantou uma sobrancelha.

-Eu não sou maluco.- disse o homem.
-Ah, isso é bom saber, mas... Vem cá, eu te conheço?- perguntou Davi.
-Ah, desculpe. Sou Lukas e...- se apresentou Lukas.
-L-Lukas? Campeão da Liga Pokémon de Sinnoh? O primeiro vencedor da Battle Frontier? Pai da Emily?- gaguejou Davi.
-Ahm, sim. Sou o campeão, o vencedor da Battle Frontier e pai da Emily. É, sou sim.- disse Lukas.
-Prazer, Davi.- apresentou-se Davi.
-Ah, só vim ver se você estava bem e...
-Espera, não foi você quem mandou o Staraptor me atacar?- perguntou Davi.
-Ahm... Não.- mentiu Lukas.
-Ah, sei.- disse Davi, desconfiado.
-Bom, já que você está bem, eu vou indo e...- foi dizendo Lukas.

Um choque acertou Staraptor, nocauteando-o.

-Epa.- disse Lukas, e voltou Staraptor para a Pokéball- Quem acertou meu Staraptor?

Davi e Lukas olharam para um arbusto se mexendo, temendo o pior. De repente, um esquilo azul e branco saiu do arbusto. Um Pachirisu. Davi caiu nas gargalhadas.

-Hahaha, podia ser coisa beeeem pior, né?
-Davi, preste atenção! Olhe o queixo dele!- pediu Lukas.

Davi olhou bem para o Pachirisu e percebeu que o queixo dele estava cheio de espuma.

-Essa não!- disse ele.
-Sim! Ele está com Pokéraiva!- disse Lukas.
-Então derrote ele com seus Pokémon super fortes!- exclamou Davi.
-Ahm... Eu só trouxe o Staraptor.
-Então, vá, Leafy!- exclamou Davi, liberando Leafy da Pokéball- Razor Leaf!

Leafy soltou várias folhas que acertaram o Pachirisu, que saiu rolando. O roedor lançou um choque de eletricidade em Leafy, que recuou.

-Tackle com Withdraw girando!- ordenou Davi.

Leafy correu, saltou e ativou seu Withdraw. Então acertou o Pachirisu rodando no ar.

-Boa combinação!- elogiou Lukas.
-Obrigado! Agora, vamos usar aquela combinação que nós treinamos, Leafy! Spin Leaf!- exclamou Davi.

Leafy foi até uma árvore e correu até o topo. Ele saltou girando disparando várias folhas, que acertavam o Pachirisu girando com mais impulso. O Pachirisu fugiu correndo.

-Whoa, essa foi por pouco. Quase morremos por Pokéraiva.- disse Lukas, aliviado- Obrigado por salvar minha vida. Tome isso.

Lukas entregou um ovo Pokémon para Davi.

-Por ter salvado minha vida.- disse ele- Se quiser dar para uma pessoa especial...
-Ok, e que Pokémon vai nascer dele?- perguntou Davi.
-Ah, você vai descobrir. Vamos, Luxray...- disse Lukas, pegando uma Pokéball do bolso.
-Ei! Você disse que só tinha trazido o Staraptor!- disse Davi.

Uma mulher chegou do meio das árvores com o Pachirisu nos braços.

-Lukas, pense antes de agir...- disse ela.
-Ah, Dawn, mas eu sou um bom ator, né?- perguntou Lukas.
-É, é.- disse ela.
-Espera, você é Dawn?- perguntou Davi.
-Sim.- respondeu ela.
-Top-coordenadora?
-Sim.
-Arceus do céu, conheci o campeão de Sinnoh e a Top-Coordenadora em um dia só?

Lukas coçou o cabelo.

-É. Você é sortudo.- disse ele.
-Lukas, tem alguma Potion sobrando?- perguntou Dawn.
-Claro.- respondeu Lukas, e entregou um spray vermelho.

Dawn passou o spray em Pachirisu, que pulou recuperado, e voltou para a Pokéball.

-Ei, o Pachirisu é seu?!- perguntou Davi.
-Epa. Hehe, é uma história engraçada...- disse ela.
-Dawn, pense antes de agir.- disse Lukas, imitando a voz de Dawn.
-Seu tonto!- provocou Dawn, jogando Lukas no chão com um tapa.
-Por que você foi nascer com um braço direito tão forte?- choramingou Lukas, do chão.
-Culpe meu pai.- disse Dawn- Mas, afinal, você não pode desanimar-se, Davi.

Davi estranhou.

-Ahm?
-Eu falei com Emily e Tyson. Eles disseram que você está desanimado porque perdeu para Uperry.- explicou Dawn.
-Ah.- disse Davi.
-É que você não pode desanimar-se assim só por uma derrota. Todos perdem um dia. Sabe quantas vezes eu perdi?- perguntou ele.
-Ahm... Quinze, quatorze vezes?- chutou Davi.
-Não.- disse Lukas.
-O que importa é que você deve seguir em frente e enfrentar os novos desafios.- disse Dawn.
-Então, garoto, vá lá e detone a Gardenia!- exclamou Lukas.
-Então ok! Obrigado pela ajuda!- agradeceu Davi.
-E não se esqueça... Para uma pessoa especial!- repetiu Lukas.

Davi pensou um pouco. “Ter um ovo Pokémon é um dos três sonhos de qualquer bom colecionador!”.

-É.- disse Davi, e começou a subir a colina.

Lukas e Dawn esperaram Davi subir a colina.

-Pessoa especial?- perguntou Dawn.
-Ah, sim. Dei um ovo Pokémon para ele, assim como Cynthia deu um para mim.- explicou Lukas.
-É, daí você deu ele para mim.- disse Dawn.
-É.- disse uma mulher de preto, saindo de trás de uma árvore.
-Cynthia!- exclamou Dawn.
-Bom trabalho, Lukas.- elogiou Cynthia.
-Ah, só repeti o que você fez.- disse Lukas.
-Eu usei meu Togekiss pra te derrubar na colina. Não precisei da ajuda de ninguém. E também foi uma Buneary com Pokéraiva. Além de eu não ter feito burrada e...
-Ah, ela vai começar...- lamentou-se Lukas.


Davi entrou no ginásio e encontrou Tyson encarando uma mulher do outro lado da arena. Gardenia, a líder de ginásio de Eterna.

-Poxa, nem me ajudar, em?- reclamou Davi, se juntando a Emily nas arquibancadas.
-Bem que nós tentamos. Mas minha mãe veio e me impediu.- disse Emily, sem graça.
-Por quê?- perguntou Davi.
-É que.. Ela queria que... Ahm, é uma história engraçada...- disse Emily.
-Relaxa, eu sei sobre o plano de vocês.- disse ele.
-Meu pai estragou tudo?- perguntou Emily.
-Sim. O Pachirisu da sua mãe ‘tá com Pokéraiva mesmo?- perguntou Davi.
-Não, é que ele sempre se lambuza de chantili.- explicou Emily.
-Ah, é claro...- disse Davi.

Davi tirou um ovo Pokémon da mochila.

-Um ovo Pokémon?- disse Emily, com os olhos brilhando enquanto olhava para o ovo.
-É... E, ahm, você disse que sempre quis ter um ovo Pokémon e... Sabe, eu pensei, por que não dar pra Emily se ela quer tanto um ovo Pokémon e... Ah, você entendeu.- disse Davi, e entregou o ovo para Emily.
-Ei, Davi!- chamou Tyson.
-Que foi?- perguntou Davi.
-Se você continuar dando coisas pra Emily vai ficar pobre!- avisou ele.
-Ei, sorte sua que eu não alcanço você pra te dar um tapa!- disse Emily.

Emily agradeceu e beijou Davi na bochecha. Tyson sorriu e olhou para Gardenia.

-Então, está pronta?- perguntou Tyson.
-Sempre.- disse Gardenia.
-VAI!- gritaram os dois, jogando duas Pokéballs.

avatar
Kai Akiyama
Treinador Iniciante
Treinador Iniciante

Mensagens : 53
Data de inscrição : 29/09/2011
Idade : 21
Localização : Forks

Ficha do personagem
minha equipe minha equipe:
mochila mochila:
TMs e HMs TMs e HMs:

Voltar ao Topo Ir em baixo

capiturado Re: Pokemon-The Ultimate Journey

Mensagem por Kai Akiyama em Qua Nov 23, 2011 8:14 am

Pokémon
The Ultimate Journey
Capitulo 14: O poder dos Pokémon do tipo Grass!


Anteriormente em Pokémon UTJ...
Davi estava desanimado por sua derrota contra Uperry. Após os pais de Emily, Lukas e Dawn, executarem um plano de reanimação fracassado, Davi entregou um ovo Pokémon para Emily. Agora, a segunda batalha de ginásio de Tyson vai começar...


-Murkrow, vá!- chamou Tyson, liberando seu Pokémon da Pokéball.
-Vá você também, Cherubi!- exclamou Gardenia, liberando um Pokémon rosa com duas folhas crescendo na cabeça.
-Ei, é igual ao meu...- disse Emily.

Davi observou os dois Pokémon.

-O Murkrow vai ter vantagem nessa batalha. O tipo Flyng é forte contra o tipo Grass...- disse Davi.
-Wing Attack!- ordenou Tyson.

As asas de Murkrow brilharam e o Pokémon Escuridão acertou Cherubi com força, jogando-o numa árvore.

-Cherubi, use o Magical Leaf!- ordenou Gardenia.

As folhas da cabeça de Cherubi emitiram uma aura roxa. O Pokémon balançou-as e várias delas surgiram, saindo magicamente na direção de Murkrow.

-Desvie!- exclamou Tyson.

Murkrow voou para longe das folhas, mas elas continuaram a segui-lo.

-O quê?!- exclamou Tyson, surpreso ao Murkrow ser atingido pelo ataque.
-Tyson, Magical Leaf é um tipo de golpe que nunca erra o alvo!- explicou Emily.
-Mas não se preocupe muito com isso, porque esse golpe é do tipo Grass, e Flyng só recebe metade do dano!- completou Davi.
-Valeu! Agora, contra-ataque com Secret Power!- ordenou Tyson.
-Secret Power?!- exclamaram Davi e Emily.

Murkrow emitiu uma aura multicolorida e acertou Cherubi com toda a força possível.

-Eu treinei esse golpe lá na Eterna Forest. Dependendo do ambiente, o golpe pode produzir efeitos diferentes. Por exemplo...- disse Tyson.

Cherubi começou a emitir pequenas faíscas.

-Em construções humanas, o Secret Power pode deixar o oponente paralisado.- completou Tyson, e sorriu.
-Cherubi, é melhor você voltar para a Pokéball.- disse Gardenia, pegando a Pokéball.
-Rápido, use o Pursuit, Murkrow!- exclamou Tyson.

Murkrow emitiu uma forte luz negra e acertou Cherubi enquanto ele se transformava em energia.

-Bem pensado, Tyson! O Pursuit é um golpe que ataca até quando o Pokémon está voltando pra Pokéball, e como extra ainda oferece o dobro do dano de um Pursuit normal quando isso acontece!
-E metade da gordura de um golpe normal!- brincou Emily.
-Ei, quem faz as piadinhas aqui sou eu!- reclamou Tyson.
-Ei! Dá pra prestar atenção na batalha!- pediu Gardenia.
-Ah, desculpe!- desculpou-se Tyson- ‘Mandaí o próximo Pokémon!
-Vá, Turtwig!- chamou Gardenia, lançando um Pokémon igual a Leafy.

Davi cruzou os braços.

-Haha! Agora se ferrou!- disse ele.
-Valeu pela motivação.- disse Tyson.
-Hehe, brincadeira.- disse Davi.
-Hum. Wing Attack, Murkrow!- exclamou Tyson.
-Turtwig, você sabe o que fazer!- disse Gardenia.

Murkrow partiu para o ataque, mas Turtwig mordeu a asa do oponente bem a tempo, e jogou o no chão.

-Toxic!- exclamou Gardenia.

Turtwig soltou um liquido roxo da boca em Murkrow.

-Levante-se, Murkrow!- pediu Tyson.

Murkrow levantou-se e voou para longe. De repente, seu corpo piscou em roxo e ele colocou uma asa sobre o peito.

-Essa não!- exclamou Tyson.
-Ele está envenenado!- disse Emily.
-Não só envenenado! O golpe Toxic possui um tipo diferente e raro de envenenamento, que aumenta a cada vez que se ativa.- disse Davi.
-Murkrow, use o Wing Attack antes que o envenenamento se ative!- ordenou Tyson.

Murkrow atacou Turtwig com as asas brilhando.

-Turtwig, Tackle!- exclamou Gardenia.

Turtwig se atirou em Murkrow, que caiu no chão.

-Murkrow, use o...

Murkrow piscou em roxo de novo e caiu no chão, nocauteado.

-Ah, não.- lamentou-se Tyson, voltando Murkrow e lançando Ralts.
-Turtwig, use o Tackle!- ordenou Gardenia.
-Confusion!- ordenou Tyson.

Turtwig saiu correndo em direção de Ralts, que fez um movimento com os braços, fazendo Turtwig sair voando no lado contrario com o poder da mente.

-Então, parece que ataques físicos não vão ser possíveis.- observou Gardenia- Use o Razor Leaf!
-Light Screen!- exclamou Tyson.

Turtwig lançou várias folhas. Os “chifres” de Ralts brilharam e uma parede psíquica surgiu no meio da arena. O Razor Leaf passou a parede e acertou Ralts, que recuou um pouco.

-Light Screen reduz metade do dano de ataques especiais, como o Razor Leaf.- explicou Tyson.
-Nossa, Tyson treinou bem Ralts.- comentou Davi, surpreso.
-Confusion!- exclamou Tyson.

Ralts empurrou Turtwig numa árvore da arena com o poder da mente, nocauteando-o.

-É isso aí! Boa garota!- elogiou Tyson.
-Garoto!- corrigiu Emily.
-Blaah, é garota sim.- disse Tyson.
-Hum, você derrotou dois dos meus Pokémon... Agora vou lançar minha melhor... Vá, Roserade!- exclamou Gardenia, liberando um Pokémon verde, com flores no lugar das mãos e um rosto com uma mascara natural.

Ralts se pôs em posição de batalha.

-Vamos começar! Primeiro use o Poison Jab!- ordenou Gardenia.

Roserade pulou a parede do Light Screen com as “mãos” brilhando roxas e tentou acertar Ralts, que desviou por pouco. Ralts ficou na frente de Roserade, que rapidamente girou e acertou o Pokémon Psíquico.

-Ralts, use o... Espera, o que é isso?- perguntou Tyson, ao Ralts brilhar na cor roxa- Ah, não! Envenenada?
-Isso! E agora use Sunny Day!- ordenou Gardenia.

Roserade começou a dançar ritmicamente, enquanto Ralts sofria o dano do envenenamento. Quando a Pokémon Buque parou, o ginásio estava ensolarada.

-Golpes de fogo ficam mais fortes no sol forte... Por que Gardenia iria querer isso?- perguntou Emily, confusa.
-Weather Ball!- exclamou Gardenia.

Roserade formou uma bola branca entre as mãos, que logo pegou fogo. Ela lançou-a contra Ralts, que caiu fora de combate.

-Sim!- disse Davi- O golpe Weather Ball muda de tipo de acordo com o clima do ambiente, e ainda dobra de potencia!
-Mas isso vai deixar Gardenia em apuros. Se Tyson for esperto o suficiente, vai jogar o Pyro...- disse Emily.
-Pyro, vá!- exclamou Tyson, liberando seu Pokémon Inicial- Use seu Mach Punch!

O Monferno correu até Roserade e acertou um soco veloz nela, que recuou um pouco.

-Flash!- exclamou Gardenia.

Roserade apontou a “mão” para Pyro e ela soltou uma luz que cegou ele temporariamente.

-Aproveite e use Swords Dance!- ordenou Gardenia.

Roserade encostou os dois braços no peito e uma aura brilhante começou a saltar dela, aumentando seu ataque.

-Agora! Poison Jab!

Roserade acertou Pyro, que não conseguiu se defender devido a falta de visibilidade.

-Cuidado, Pyro! Se oriente pela audição!- exclamou Tyson.

Quando Roserade foi atacar as costas de Pyro com outro Poison Jab, o Pokémon Brincalhão pulou e parou atrás de Roserade.

-Flame Wheel!

Pyro acertou Roserade numa roda de fogo.

-Conecte o golpe com Fury Swipes!

Pyro saiu das chamas e começou a arranhar Roserade várias vezes seguidas.

-Não deixe assim! Contra-ataque com Poison Jab e se distancie!- ordenou Gardenia.

Roserade achou uma brecha nos ataques de Pyro e acertou-o com golpe, logo se afastando com um pulo giratório para trás.

-Finalize com Weather Ball!

Roserade lançou uma bola de fogo na direção de Pyro, que sentiu um calor chegando. Ele gritou e usou Mach Punch para rebater a esfera, nocauteando a Roserade.

-Ganhei!- exclamou Tyson- Urra! Ganhei!

Gardenia sorriu e entregou uma insígnia para Tyson.

-Essa é sua Forest Badge. Ela prova que você derrotou a líder de ginásio oficial de Eterna. Parabéns!- disse ela.
-É isso aí, Tyson! Você arrasou!- elogiou Davi.
-É, ganhou sua segunda insígnia!- disse Emily.

Tyson se virou para Pyro, que pulava, feliz.

-Ei, Pyro, como você fez aquilo?- perguntou Tyson.
-Ei, Davi, é sua vez. Boa sorte.- desejou Emily.
-Eu tenho uma estratégia.- garantiu ele, e saiu em direção a arena.
-Boa sorte, cara.- desejou Tyson, indo para a arquibancada.

Davi se posicionou e pegou uma Pokéball do bolso.

-Minha vez.- disse ele, confiante.
avatar
Kai Akiyama
Treinador Iniciante
Treinador Iniciante

Mensagens : 53
Data de inscrição : 29/09/2011
Idade : 21
Localização : Forks

Ficha do personagem
minha equipe minha equipe:
mochila mochila:
TMs e HMs TMs e HMs:

Voltar ao Topo Ir em baixo

capiturado Re: Pokemon-The Ultimate Journey

Mensagem por Kai Akiyama em Qua Nov 23, 2011 8:15 am

Pokémon
The Ultimate Journey
Capitulo 15: Davi VS Gardenia! Batalha extrema!


Anteriormente em Pokémon TUJ...
Tyson teve uma incrível batalha com Gardenia. Num incrível combate, seu Monferno conseguiu virar o jogo e vencer a Roserade da líder de ginásio. Agora, Davi vai ter sua batalha...


-Ok, Gardenia, estou pronto!- avisou Davi.
-Então vamos! Vá, Wormadam!- exclamou Gardenia, e liberou um estranho Pokémon flutuante, envolto em folhas, que faziam só aparecer sua cabeça.
-Electrike, vá!- chamou Davi, e liberou seu Electrike Shiny da Pokéball- Use o Spark!

Electrike se envolveu em eletricidade e saiu correndo na direção de Wormadam.

-Protect!- exclamou Gardenia.

Um campo de força apareceu ao redor de Wormadam. Electrike bateu nele seu ataque foi cancelado.

-Aproveite e use Razor Leaf!- ordenou Gardenia.

Wormadam lançou varias folhas em Electrike, que saiu rolando, mas logo se recuperou.

-Spark, de novo!- exclamou Davi.
-Protect!- repetiu Gardenia.

Electrike bateu no campo de força de novo.

-Quick Attack!

Electrike pulou com rapidez e acertou Wormadam em cheio.

-Então você descobriu a fraqueza do golpe Protect? O golpe não pode ser usado duas vezes seguidas.- disse Gardenia- Mas isso não vai te salvar! Confusion!

Electrike foi empurrado com o poder da mente de Wormadam.

-Então ele pode usar Protect, Razor Leaf e Confusion... É um Pokémon bem forte, mas parece que não se move muito...- observou Davi- Retorne, Electrike!

Davi voltou Electrike para a Pokéball e lançou Golbat.

-Confuse Ray!- exclamou Davi.

Golbat soltou uma pequena bola brilhante da boca, que girou envolta de Wormadam.

-Wormadam, use o Razor Leaf!- ordenou Gardenia.

Wormadam atirou folhas no chão, fazendo impulso até bater no teto.

-O Confuse Ray do Golbat deixou Wormadam confuso!- disse Emily.
-Aproveite a chance e use Air Cutter!- ordenou Davi.

Golbat balançou a asa direita e uma rajada de vento acertou Wormadam, lançando-o até uma árvore, onde ele ficou pendurado e brilhando verde.

-Ei, o que ‘tá acontecendo com o Wormadam?- perguntou Tyson, confuso.
-Eu não sei...- disse Emily- Mas pela cara do Davi, isso não é bom.
-Golbat, acaba logo com ela!- gritou Davi, desesperado.

Golbat riu do desespero do seu treinador e acertou Wormadam com mais um Air Cutter, nocauteando-o.

-Mas nem a pau que eu ia deixar essa Wormadam recuperar vida com Ingrain!- exclamou Davi- Se tem uma coisa que me irrita mesmo é golpes de revitalização!
-Eu também odeio, principalmente quando ‘tô jogando Pokémon Platinum e o Lucian fica mandando o Alakazam dele usar Recover.- disse Tyson.
-Pokémon Platinum... Tinham mesmo que fazer um jogo da história do meu pai?- suspirou Emily.
-Olhe pelo lado bom... Meu pai também aparece no jogo.- disse Tyson.

Emily ameaçou Tyson com um olhar.

-Seu tonto!- imitou Tyson, e se jogou no chão.
-Menos esforço pra mim, menos dor pra ele...- disse Emily.
-Volte, Golbat!- exclamou Davi, retornando Golbat.
-VÁ, Leafy/Turtwig!- exclamaram Davi e Gardenia, jogando suas Pokéballs, que se chocaram e liberaram os dois Turtwigs.
-Batalhas de Pokémon iguais... Emocionante, os leitores adoram isso.- disse Emily.

É verdade, Emily.Uma boa estratégia para ganhar leitores novos.

-É isso aí, autor!- disse Emily.
-Então, parece que vou ter um tipo de batalha que não tenho faz alguns anos...- disse Gardenia.
-Hum, prepare-se... Leafy, use o Razor Leaf!- exclamou Davi.
-Desvie, e então use o Bite!- ordenou Gardenia.

Turtwig reagiu rapidamente e pulou, evitando a saraivada de folhas lançada por Leafy. Automaticamente, pegou impulso para mais um pulo na direção de Leafy e mordeu as costas do oponente.

-Leafy, role junto com ele até aquela árvore!

Leafy começou a rolar no chão, com o Turtwig rival grudado em suas costas. Os dois se chocaram com a árvore, logo se separando e encarando-se cara a cara.

-Tackle!- exclamou Davi.
-Você também, Turtwig!

Os dois Pokémon Folha Pequena se chocaram frontalmente, cada um tentando superar o outro.

-Turtwig, use o Absorv!- ordenou Gardenia.

O Turtwig de Gardenia derrubou o oponente e encostou as patas dianteiras no peito do outro, sugando sua energia. Logo Leafy estava fraco, enquanto Turtwig parecia só um pouco fraco.

-Leafy, se afaste dele!- disse Davi, e Leafy foi para longe do oponente, meio correndo, meio mancando.
-Mesmo que seu Leafy, como o chama, se distanciar alguns metros, acha que pode salva-lo?- perguntou Gardenia.
-Sempre há esperança!- retrucou Davi.
-Nossa, isso foi muuuuuito clichê.- comentou Tyson.
-Nha, não interrompe!- pediu Emily.

Gardenia fez um gesto com a mão, como um circulo.

-Finalize com Bite!- exclamou ela.

Turtwig começou a correr na direção de Leafy. Quando tudo parecia perdido, ele começou a brilhar, e acertou um Razor Leaf certeiro, jogando o outro longe.
Leafy começou a assumir outra forma. A folha na sua cabeça afundou, ao mesmo tempo que seu corpo aumentava de comprimento. Seu casco esticou para todos os lados, duas vezes mais resistente, e dois arbustos cresceram dele. Além disso tudo, uma cauda cresceu, analisando o solo ao redor. O pequeno Leafy agora estava em seu segundo estágio, Grotle.

-Leafy, você evoluiu!- disse Davi, maravilhado.

O recém evoluído Grotle rosnou, confirmando.

-Com certeza você aprendeu um novo golpe também! Vamos lá, mostre o que você pode fazer!- pediu Davi.

Leafy correu na direção de Turtwig, e pulou alto, e uma sombra projetou-se em cima dele. Logo, Turtwig tentava se libertar de baixo de Leafy.

-Body Slam!- disse Davi- Vamos finalizar isso! Use o Razor Leaf com toda a força!

Leafy pulou para longe do oponente e seu arbustos começaram a girar e atirar folhas. Turtwig cambaleou e caiu nocauteado.

-Isso, dois fora! É assim que se faz, Leafy!- disse Davi.
-Dois fora.- repetiu Gardenia, e sorriu- Mas ainda resta a estrela do time, Roserade!

Gardenia lançou uma Pokéball para o alto, de onde saiu sua Roserade, que pousou bem na frente de Leafy.

-Rápido, Leafy! Use o Razor Leaf!- exclamou Davi.

Leafy acertou uma saraivada de folhas em Roserade, que levou todo o dano, mas conseguiu parar.

-Weather Ball!

Roserade lançou uma bola de luz branca em Leafy, que recuou e ficou sobre as patas traseiras, expondo a barriga vulnerável.

-Agora, ataque com Poison Jab!- ordenou Gardenia.

Uma das flores de Roserade brilhou roxa e ela acertou Leafy no estomago, derrubando-o. O Pokémon Bosque caiu de costas, sem poder se mover.
Davi, percebendo que seu Pokémon não podia mais lutar, voltou o a Pokéball. “Roserade é rápida demais. Mesmo com a velocidade e o poder de Golbat, não vou conseguir vencê-la...” pensou Davi, e teve uma idéia.

-Vá, Electrike!- chamou Davi, liberando o Pokémon Relâmpago.
-Davi! O Electrike ‘tá fraco demais por causa da luta contra Wormadam!- avisou Emily.
-Relaxa, relaxa... Eu tenho uma estratégia...- disse Davi- Use o Spark!

Electrike acertou Roserade, coberto de faíscas.

-Roserade, Poison Jab!- exclamou Gardenia, e sua Pokémon nocauteou Electrike em um golpe.
-Bela estratégia.- disse Emily, irônica.
-Espere e verá. Vá, Golbat!- chamou Davi.

Golbat saiu da Pokéball e começou a voar por toda a arena, até parar.

-Bite!- exclamou Davi.
-Desvie!- ordenou Gardenia.

Roserade tentou desviar da mordida do Pokémon Morcego, mais faíscas saíram de seu corpo e ela não se mexeu, levando todo o dano.

-O Spark do Electrike deixou Roserade paralisada. Algum comentário, Emily?- perguntou Davi, irônico.
-Ahm, é uma bela estratégia.- respondeu Emily.
-Pokémon paralisados perdem metade da velocidade e podem ser imobilizados as vezes. O que vai fazer agora, Gardenia?- perguntou Davi.
-Isso: Flash!- exclamou Gardenia.

Roserade levantou o braço na direção de Golbat e emitiu uma forte luz que o cegou.

-Air Cutter!- exclamou Davi.

Golbat acertou uma rajada de vento em Roserade, que caiu nocauteada.

-Mas ele ‘tá cego!- protestou Gardenia.
-Golbats tem sensores infravermelhos, que podem detectar qualquer objeto ou ser vivo.- explicou Davi.
-Então pra que ele tem olhos?- perguntou Gardenia, zangada.
-Ahm... Pra enfeitar.- brincou Davi.
-Ah, toma logo essa insígnia e caiam fora daqui!- disse Gardenia, e entregou uma insígnia para Davi.
avatar
Kai Akiyama
Treinador Iniciante
Treinador Iniciante

Mensagens : 53
Data de inscrição : 29/09/2011
Idade : 21
Localização : Forks

Ficha do personagem
minha equipe minha equipe:
mochila mochila:
TMs e HMs TMs e HMs:

Voltar ao Topo Ir em baixo

capiturado Re: Pokemon-The Ultimate Journey

Mensagem por Kai Akiyama em Qua Nov 23, 2011 8:19 am

Pokémon
The Ultimate Journey
Capitulo 16: O Buizel das ruas!


Anteriormente em Pokémon TUJ...
Davi teve uma incrível batalha de ginásio com Gardenia. Em batalha, seu Turtwig evoluiu para um forte Grotle. Mesmo assim, Davi derrotou a Roserade de Gardenia com Golbat, ganhando sua segunda insígnia. Agora, vamos ver como os heróis estão?


-Forest Badge...- disse Tyson, contemplando sua nova insígnia.
-Tyson, você já ‘tá olhando pra essa Badge há quase meia hora!- avisou Davi.
-Mas, Davi, isso significa que só precisamos de mais seis Badges pra entrarmos na liga!- defendeu-se Tyson.
-É, mas ela não vai fugir...- suspirou Davi.

Davi e Tyson estavam na frente do Pokécenter, esperando Emily pegar os dados dos Pokémon locais na Pokédex.

-Vem cá, quando a Emily vai chegar?- perguntou Tyson, entediado.
-Ah, Tyson, seja paciente... Nós temos a nossa meta, e ela tem a dela...- disse Davi, se encostando na parede do Pokécenter- E só vamos saber quando ela gritar...
-Pokémon wa, hokaku*!- alguém gritou, e Emily saiu correndo da floresta de Eterna, que era perto do Pokécenter.

*Pokémon wa, hokaku!= Pokémon, capturados!

-Aleluia!- gritou Tyson, para os céus.
-Nem demorei tanto assim.- disse Emily.

Tyson olhou para seu Pokétech.

-Uma hora.- disse ele, desafiador.
-Vou poupar você dessa vez.- disse Emily- Mas agora, tenho que organizar meus Pokémon para mandar pro vovô.

Emily pegou sua bolsa de mão e foi colocar uma Pokéball dentro, quando uma pequena lontra laranja, com muita agilidade, roubou-a de seu braço.

-Aquilo foi um Buizel?- perguntou Tyson.
-É, e ele roubou minha bolsa!- disse Emily, zangada.
-Peguem ele!- gritou Davi, e saiu correndo atrás do Pokémon.
-Que disposição é essa?- estranhou Emily.
-Emily, Emily, você nem imagina...- disse Tyson, sorrindo.


-Então, Electrike, use o Quick Attack!- ordenou Davi.

Electrike atacou com rapidez o Buizel, que parou de fugir, virou-se e lançou três ondas de energia em Electrike, que caiu nocauteado.

-Mas como?!- exclamou Davi.

O Buizel pulou na direção Davi, roubando seu estojo de insígnias.

-Ei! Volte aqui com minhas insígnias, seu pestinha ladrão!- gritou Davi- Você vai se ver comigo!

Emily passa correndo atrás do Buizel.

-Volta aqui, seu ladrãozinho barato!- provoca ela, perseguindo o Pokémon Doninha do Mar.
-Ou pode se ver com a Emily, também.- disse Davi.

Emily se atirou na direção do Buizel, que pulou em sua cabeça e partiu correndo por outra rua.

-Ah, você não vai fugir! PEGA LADRÃO!- gritou Emily, perseguindo o Pokémon.

Tyson chegou e se pois ao lado de Davi.

-Que perda de tempo.- disse ele.

Davi olhou reprovador para Tyson.

-Então tá. Vá ajudar sua ama...- foi dizendo Tyson.
-Ama- o quê?- perguntou Davi, desconfiado.
-Ama... Amarelados! Olha só que amarelados são aqueles pães de queijo!- improvisou Tyson, apontando para uma barraquinha onde uma mulher vendia pães de queijo.
-Hum... Sei...- disse Davi, ainda desconfiado- Mas afinal, vou atrás das minhas insígnias.

Davi saiu correndo atrás de Emily e o Buizel. Tyson olhou para a barraquinha da vendedora.

-Vem cá, quando custa um saquinho desses?- perguntou ele.


O Buizel pulou na parede de um prédio velho e pegou impulso para passar para outra rua. Emily parou, arfando.

-Meu Arceus, que bicho rápido...- disse ela.

Davi parou ao seu lado.

-Um dia ele vai ter que parar de correr... Um dia...- suspirou ele, cansado.
-Maldito seja esse Buizel...
-Ele não vai ficar com minhas insígnias!
-Ele roubou suas insígnias? Ah, esse bicho não vai fugir! Atrás dele!

Os dois correram um pouco e caíram no chão, de tanto cansaço.

-Poxa, vocês não conseguem nem pegar um Buizel?- debochou Tyson, aparecendo com um saco de pães de queijo.
-Há, é fácil falar... Você só fica comendo pão de queijo, seu guloso...- disse Emily.

O Buizel apareceu na conexão entre as duas ruas, sem ninguém perceber. Olhou para o saco de pães de queijo, com olhos que só um predador tem, e se atirou para pegá-lo.
Tyson, como se estivesse protegendo a família, lançou uma Pokéball, e ordenou seu Murkrow a usar Wing Attack.
Murkrow acertou em cheio, lançando o Buizel ao chão. O Pokémon ficou parado, encarando o pão de queijo, ignorando o atacante.
O Buizel se envolveu em água e saiu voando, acertando Tyson em cheio, deixando cair o pão de queijo, que saiu rolando no meio de Murkrow e Buizel.

-Essa não...- disse Tyson, prevendo o pior- Murkrow, proteja o pão de queijo!

Buizel saiu correndo para pegar o alimento calórico. Murkrow mergulhou na direção do Pokémon, e seu pé brilhou em preto. O Pokémon Escuridão chegou primeiro e acertou o Buizel, que saiu rolando.

-É isso aí! O Murkrow aprendeu o golpe Assurance!- disse Tyson- E acho que esse Buizel é meu por direito... Não é, pessoal?
-Eu não tenho forças pra jogar uma Pokéball sequer...- disse Emily, atirada no chão.
-Ah, vá em frente, mas pegue nossas coisas...- disse Davi.
-Então tá! Pokéball, GO!- gritou Tyson, e atirou uma Pokéball no Buizel.

A esfera de captura balançou algumas vezes e emitiu faíscas, sinalizando sucesso na captura!

-Capturei um Buizel!- comemorou Tyson- Ei, gente, vamos pra Hearthome agora?- perguntou Tyson.
-Ah, nããããoooo!
-Ei, cadê meu pão de queijo?- perguntou Tyson.

Quando percebeu, o alimento estava caindo num bueiro.

-NÃÃÃÃOOO!- gritou ele.
avatar
Kai Akiyama
Treinador Iniciante
Treinador Iniciante

Mensagens : 53
Data de inscrição : 29/09/2011
Idade : 21
Localização : Forks

Ficha do personagem
minha equipe minha equipe:
mochila mochila:
TMs e HMs TMs e HMs:

Voltar ao Topo Ir em baixo

capiturado Re: Pokemon-The Ultimate Journey

Mensagem por Kai Akiyama em Qua Nov 23, 2011 8:21 am

Pokémon
The Ultimate Journey
Capitulo 17: O caminho para Hearthome! Twist e a bela Aipom!


Anteriormente em Pokémon TUJ...
Um Buizel ladrão roubou a bolsa de Emily e as insígnias de Davi. Após Tyson quase perder seu saquinho de pão de queijo, Murkrow aprendeu um novo golpe e Buizel virou o novo integrante da equipe de Tyson! Agora, nossos personagens felizes seguem em direção a Hearthome...


-Para, Buizel!- pediu Tyson- Não! Esse pão de queijo é meu!

Buizel virou-se de costas, magoado. Tyson revirou os olhos e ofereceu um pão de queijo.

-Toma logo, depois não diz que a culpa é minha se engordar!- disse Tyson.

Buizel engoliu o pão de queijo, feliz. Tyson foi pegar mais um.

-Epa. Era o ultimo.- disse ele- Nããããoooo!
-Tyson e seu vicio por pão de queijo.- disse Davi.
-É. Ei, são quase sete horas!- espantou-se Emily.
-Whoa, hora de montar acampamento.- disse Davi.
-Vai buscar lenha, Tyson.- mandou Emily.
-Por que eu?!- perguntou Tyson, indignado.
-Porque eu vou dar comida para os Pokémon e Davi vai montar as barracas.- disse Emily.
-Eu não quero montar as barracas!- reclamou Davi.
-Mas você vai.- disse Emily, com voz doce.
-Não, você não vai me convencer com essa voz.- disse Davi.
-Nem eu.- concordou Tyson.

Emily estreitou os olhos.

-Ah, vocês vão sim...- disse ela, com uma voz ameaçadora.

Davi e Tyson se entreolharam, nervosos.

-Sim, senhora.- disse Davi, e foi arrumar as barracas.
-Você é da hora.- elogiou Tyson, e foi buscar lenha.
-Ótimo, mas deixem seus Pokémon aqui pra hora do rango.- disse Emily.

Davi, Tyson e Emily liberaram seus Pokémon. Leafy e Electrike foram ajudar o dono. Psyduck colocou as mãos na cabeça e deitou-se no chão. Golbat pousou num galho e começou a rir.
Pyro e Ponyta começaram a correr. Murkrow voou um pouco e pousou no mesmo galho que Golbat, enquanto Ralts se apoiava na árvore, com um ar sério. Shieldon, sem achar o dono, pulou na cabeça de Emily.

-Sai, sai!- pediu Emily, e colocou Shieldon de volta no chão.

Cherubi dançou, mostrando sua beleza. Buizel farejou o ar, procurando comida. Twist, sem sua dona perceber, foi para o meio do mato.

-Ok, todo mundo, eu tenho quatro potes e vocês são doze, então vão ter três em cada pote!- anunciou Emily, botando quatro potes cheios de ração no chão- Hora do rango!

Leafy, Psyduck e Electrike foram comer num pote. Ralts e Murkrow se enojaram ao Golbat começar a rir enquanto comia. Pyro, Ponyta e Cherubi foram comer, animados. Buizel empurrou Shieldon e engoliu toda a comida com uma só bocada.

-Buizel, divida com Shieldon e Twist, seu guloso!- xingou Emily.

Buizel colocou a mão na barriga e arrotou, depois deu de ombros como quem diz “Foi mal, a culpa não é minha”.

-Bom, acho que agora a comida não é favorável para uma alimentação saudável- disse Emily- Shieldon, Twist, podem comer essa porção nova e... Espera, cadê o Twist?

Todos os Pokémon olharam ao redor.

-Twwwwwwwiiiiiiist?!- chamou Emily.

Davi voltou.

-Já arrumei as barracas e...- foi dizendo ele, satisfeito consigo mesmo.
-Twist!- gritou Emily, e saiu para procurar o Pokémon.
-Nossa, o que eu falei?

Depois de alguns minutos, Tyson chegou com o cabelo cheio de gravetos e folhas penduradas.

-Nossa, o que aconteceu?- perguntou Davi.
-A Emily apareceu correndo quando eu ‘tava voltando e me empurrou num arbusto. Ela disse alguma coisa como: “Não tenho tempo para bobagens, tenho que achar o Twist!”. E assim eu estou.- disse Tyson.
-Que estranho...- disse Davi.
-É.- concordou Tyson.
-Que tal uma batalha?- sugeriu Davi.
-Pode ser- aceitou Tyson- Mas só depois de eu tirar os gravetos do meu cabelo.


-Twist!- chamou Emily, preocupada com seu Pokémon.

Ela ouviu barulhos suspeitos vindo da direita, então, naturalmente, correu nessa direção.
Emily encontrou três Pokémon roxos, com caudas de escorpião, batendo as asas para dois outros Pokémon.
Uma macaca com um topete na cabeça e uma cauda que terminava numa mão se encolhia contra uma árvore, enquanto Twist defendia o golpe dos predadores cruéis com o poder de Metal Claw.

-Twist!- exclamou Emily.

Twist se distraiu ao olhar para a treinadora, sendo atingido por um poderoso ataque de um dos oponentes.

-Twist... Use o Bubble Beam!- ordenou Emily.

Twist começou a lançar um jato de bolhas nos inimigos. Porém, um deles consegue desviar e acertar Twist de novo.

-Ok, ‘tá confirmado que esses Gligars são fortes... Vamos precisar de uma técnica mais avançada pra derrotar eles...- observou Emily- Twist, use o Bide!

Twist se envolveu numa aura branca, que crescia a cada golpe que atingia-o. Depois de alguns golpes, ele investiu sobre os Gligars, devolvendo todo o dano em duas vezes.

-Continue com Metal Claw!- ordenou Emily.

O Prinplup acertou os inimigos com sua barbatana metalizada, fazendo-os fugirem. Emily fez um sinal de positivo com a mão. Twist tentou reproduzir o gesto, mas percebeu que não tinha dedos. A Aipom riu e disse alguma coisa na língua dos Pokémon, fazendo Twist rir.

-Ou alguém invisível ‘tá fazendo cócegas neles, ou estão claramente me avacalhando.- disse Emily.

Twist disse mais alguma coisa, e os dois riram mais ainda.

-Vem cá, vejo que já se conhecem...

A Aipom começou a fazer sinais para Emily.

-Ah, quer me dizer alguma coisa... Vocês dois são amigos de infância... Moravam nessa floresta... Mas um dia um homem mau pegou o Twist... Você ficou triste e chorou por dois meses e meio...

A Aipom parou de fazer os sinais e Twist continuou.

-Mas então meu avô chegou e salvou você do homem mau... E deu de presente pra mim dois anos depois... E aqui estamos.- finalizou Emily- Aaaah, agora sim está explicado... Mas agora vamos, Twist, já é de noite.

Twist ficou triste, mas voltou para a Pokéball. Emily se virou para voltar as barracas, mas ouviu um som de soluço. A Aipom seguiu ela.

-Já era de se esperar, quer vir comigo e com Twist... Vamos, então- disse Emily, jogando uma Pokéball na Aipom, capturando-a automaticamente- Ela não conhece minha personalidade violenta ainda...
avatar
Kai Akiyama
Treinador Iniciante
Treinador Iniciante

Mensagens : 53
Data de inscrição : 29/09/2011
Idade : 21
Localização : Forks

Ficha do personagem
minha equipe minha equipe:
mochila mochila:
TMs e HMs TMs e HMs:

Voltar ao Topo Ir em baixo

capiturado Re: Pokemon-The Ultimate Journey

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 1 de 3 1, 2, 3  Seguinte

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum